Sociedade

Erro de português em concurso público em Cubatão cria polêmica

Caderno de provas trazia a palavra 'deficiência' escrita incorretamente como 'dificiência'

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Deficiência Cubatão
Capa do concurso para vaga de professor em Cubatão: erro de ortografia (Foto: Reprodução/Facebook)

Um erro de português em um concurso para trabalhar na cidade de Cubatão, na Baixada Santista, criou polêmica. Na capa do caderno da prova para a vaga de Professor de Educação, a palavra “deficiência” foi grafada incorretamente como “dificiência”.

Aplicado no último domingo (22), esse teste teve mais de 15 000 candidatos. Outro ponto da prova que causou confusão foi o número "02/2014", que também aparecia na primeira página da prova. O que parecia ser o mês (fevereiro) e o ano (2014) da realização da prova, na verdade, trata-se de número do concurso e ano de publicação do edital.

+ Confira as últimas notícias

O Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), que produziu o teste, defendeu-se afirmando que foi um “erro de digitação”. A prefeitura de Cubatão, por sua vez, disse que vai apurar o caso e informou que o equívoco não compromete a compreensão da prova e que, por isso, não haverá anulação. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO