Crime

Empresário coreano é achado morto perto da Cantareira

Chang Ho Pak, de 59 anos, foi encontrado dentro de uma BMW

Por: Redação VEJASÃOPAULO.com

O empresário aposentado Chang Ho Pak, de 59 anos, foi encontrado morto dentro de uma BMW prata nesta sexta (19) perto da Serra da Cantareira, na Zona Norte de São Paulo. Ele saiu de casa, no bairro Jardim Ibiratiba, também na Zona Norte, às 21h30 da quinta-feira (18) para ir à academia e não voltou. 

A mulher de Chang disse à polícia ter ido dormir cedo e não ter percebido que o marido continuava fora de casa. Contou ainda que ele tinha o hábito de ir à academia diariamente, não tinha inimigos nem recebia qualquer tipo de ameaça. Ela soube da morte quando acordou, percebeu que ele não estava em casa, ligou a TV e  viu imagens da BMW de Chang. 

O carro foi encontrado pela polícia às 8h40 em uma região conhecida como Fazendinha, em um terreno descampado perto da Serra da Cantareira, no fim da Avenida General Penha. Chang tinha um corte profundo no pescoço, machucados na cabeça e as mãos amarradas atrás do corpo. O veículo estava revirado, mas a polícia ainda não sabe se algo foi roubado, por isso registrou o caso como homicídio, não como latrocínio (roubo seguido de morte). 

Nascido na Coréia do Sul e radicado em São Paulo, Chang era empresário do ramo de confecções, mas estava aposentado há pouco tempo. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO