Cidade

Empresa que faz segurança da Santa Casa rescinde contrato por falta de pagamento

Grupo GR diz que instituição já acumula dívida de 10 milhões de reais e que 500 funcionários serão demitidos

Por: Veja São Paulo

santa casa de misericórdia são paulo
Santa Casa: empresa responsável pela guarda patrimonial afirma que irmandade deve mais de 10 milhões de reais (Foto: Márcio Fernandes/Estadão)

O Grupo GR, empresa de segurança responsável pela guarda patrimonial e o controle de acesso em 44 unidades da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, anunciou na tarde desta quinta (6) a rescisão do contrato que mantinha com a entidade desde 2007 por falta de pagamento.

Segundo a empresa, a dívida chegou aos 10 milhões de reais durante oito meses e meio. Sem a verba, os trabalhadores começaram o processo demissional. Segundo a GR, apenas 10% dos 500 funcionários foram transferidos para outros postos de trabalho.

+ Os planos do médico José Luiz Setúbal no comando da Santa Casa

O grupo atende 44 unidades da Santa Casa na capital e Grande São Paulo. Na sede em Santa Cecília, a maior, são aproximadamente 200 funcionários. A reportagem de VEJA SÃO PAULO não conseguiu contato com a Santa Casa de Misericórdia até a publicação desta matéria.

+ Governo dá nova ajuda financeira para manter atendimento na Santa Casa

Fonte: VEJA SÃO PAULO