Comidinhas

Empanadas Caminito troca Moema por Planalto Paulista

Para ampliar a produção, que abastece cerca de 300 casas da cidade, a Caminito mudou de endereço.

Por: Helena Galante - Atualizado em

empanadas_caminito_2147
Fornada aromática e douradinha: os salgados são assados na hora de servir (Foto: Mario Rodrigues)

Nascida há cinco anos como loja e pequena fábrica em Moema, a Empanadas Caminito transformou-se num dos grandes fornecedores do típico salgado argentino na cidade. Pelas contas do proprietário, o uruguaio Alejandro Sosa, cerca de 300 casas, a exemplo dos cafés Havanna e Il Barista, oferecem seus quitutes no cardápio. Para dar conta da produção artesanal de até 100 000 unidades por mês, o antigo endereço na Rua Divino Salvador foi trocado em dezembro por outro maior, no Planalto Paulista. O agradável salão manteve a decoração em tons fortes — uma referência à famosa rua-museu Caminito, um dos pontos turísticos de Buenos Aires. Na hora de pedir, os garçons avisam que as empanadas são assadas na hora. Esse processo leva menos de dez minutos e garante pasteizinhos frescos e aromáticos. Comece pela tradicional opção de carne picante (R$ 3,65), temperada com pimentões verde e vermelho, cebolinha, pápricas doce e picante, azeitona, cominho, orégano, pimenta-do-reino e pimenta-malagueta. Atrai também a versão integral recheada de camarão ao molho bechamel (R$ 4,60). A cerveja argentina Quilmes e a uruguaia Patricia (R$ 15,00 cada uma), entre outras, acompanham. Boa novidade, a linha de confeitaria inclui a torta rogel (R$ 39,00 o quilo). Intercalada de doce de leite caseiro e finos discos de massa, a sobremesa coroada por merengue é ideal para quem aprecia sabores açucarados

Fonte: VEJA SÃO PAULO