Mistérios da Cidade

Venda de embarcações de menor porte cresce 40%

15ª edição do São Paulo Boat Show começa dia 28 e espera aumento de 5% no faturamento

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Cristiane Bonfim, Flora Monteiro e Nathalia Zaccaro]

Mistérios da Cidade ed. 2288 - lancha v160
V160: Custo de 26.900 reais é bem inferior ao dos modelos que são seus concorrentes diretos (Foto: Divulgação)

A venda de embarcações de menor porte (com sete metros de comprimento, no máximo) cresceu 40% em São Paulo entre 2007 e 2011 — o número de unidades desse tipo no estado chegou a 60.000. Indicadas para navegar em águas abrigadas, como represas e canais, essas lanchas transportam quatro pessoas, em média.

+ Aumenta a procura por blindagens de residências

“Hoje em dia, é possível adquirir um modelo gastando até 30.000 reais, ou seja, deixou de ser um sonho de consumo inatingível para a classe média”, diz Ernani Paciornik, organizador do São Paulo Boat Show, cuja 15ª edição começa na sexta (28) e vai até 3 de outubro, no Transamérica Expo Center, em Santo Amaro. “A comercialização de modelos pequenos movimentou cerca de 22 milhões de reais no evento passado, e esperamos agora um aumento de 5% nesse faturamento.”

Veja abaixo três barcos mais acessíveis que serão lançados por aqui:

Mistérios da Cidade ed. 2288 - lancha pioner17
(Foto: Divulgação)

Pioner 17 Preço: 40.500 reais

Diferencial: fabricada em polietileno, espécie de plástico, possui maior resistência a choques

Mistérios da Cidade ed. 2288 - lancha focker160
(Foto: Divulgação)

Focker 160 Preço: 41.100 reais

Diferencial: com uma boa estabilidade, é indicada para marinheiros de primeira viagem

Fonte: VEJA SÃO PAULO