Cinema

Festival In-Edit exibe 70 documentários musicais

Destaque fica por conta de "Living in the Material World", de Martin Scorsese sobre o ex-beatle George Harrison

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

George Harrison - Living in the Material World - 2271
George Harrison em "Living in the Material World": destaque da quarta edição do festival In-Edit (Foto: George Harrison Family)

Em sua quarta edição, o In-Edit — Festival Internacional de Documentário Musical leva setenta filmes a seis salas da cidade, a partir de sexta (1º). Neste dia, CineSesc, MIS, Matilha Cultural, Cine Livraria Cultura e Cine Olido dão início à extensa programação, enquanto a Cinemateca se junta ao circuito no dia 5. Entre os longas e médias-metragens nacionais há trabalhos que devem formar filas. Exemplos: “Vou Rifar Meu Coração”, sobre o cancioneiro brega, “Marcelo Yuka no Caminho das Setas”, a respeito do ex-baterista do grupo O Rappa, e as fitas dedicadas a Geraldo Vandré (“O que Eu Nunca Escondi”) e a músicas compostas na Europa por Caetano e Gil durante o período militar (“As Canções do Exílio — A Labareda que Lambeu Tudo”).

+ Os melhores filmes em cartaz; salas e horários

Um título inédito para cativar a geração fã dos anos 80 é “Lira Paulistana e a Vanguarda Paulista”. A seleção estrangeira também dá um show. Além das mostras dos diretores Don Letts, Mika Kaurismäki, Fermín Muguruza e Florent de La Tullaye, o festival exibe mais 25 produções internacionais. Sobressaem “Dave Brubeck: in His Own Sweet Way”, “God Bless Ozzy Osbourne”, Je Suis Venu Vous Dire — Gainsbourg by Gainsbourg” e “The Libertines”, acerca da banda do problemático vocalista Pete Doherty. Vá com tempo para assistir ao documentário dirigido por Martin Scorsese sobre o ex-beatle George Harisson (1943-2001). “Living in the Material World” tem três horas de duração e projeção agendada para sábado (2), às 21h, no CineSesc.

Fonte: VEJA SÃO PAULO