Mistérios da Cidade

Em 2009, 3,5 bilhões de litros de água foram desviados da Sabesp

O volume corresponde a menos de 1% do fornecido para a região metropolitana, mas causou um prejuízo de 18,5 milhões de reais

Por: Henrique Skujis - Atualizado em

Roubo de água_2154
Roubo de água é feito por ligações clandestinas ou manipulações em hidrômetros (Foto: Attilio)

Em 2009, 3,5 bilhões de litros de água, o suficiente para encher 1 860 piscinas olímpicas, foram surrupiados da Sabesp por meio de ligações clandestinas ou manipulações em hidrômetros. O volume corresponde a menos de 1% do fornecido para a região metropolitana, mas causou um prejuízo de 18,5 milhões de reais. Para combater os furtos, a companhia conta com cinquenta funcionários. “Abrimos boletim de ocorrência apenas em casos de reincidência”, diz José Antônio Soares, gerente de controle de consumo. Quem é flagrado recebe multa e pode parcelar o valor da dívida em até 34 vezes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO