Política

Eleições: guia para não desperdiçar o seu voto

Saiba o que levar em consideração na hora de votar

Por: Mariana Barros - Atualizado em

Eleições_capa 2182
Segundo pesquisa do instituto Datafolha divulgada na última segunda (6), 7% dos brasileiros ainda não sabem em quem votar para presidente (Foto: Ilustração)

No próximo dia 3 de outubro, 30 milhões de paulistas irão às urnas para escolher, além do presidente da República, dois senadores, setenta deputados federais, 94 deputados estaduais — e o governador de São Paulo. Segundo pesquisa do instituto Datafolha divulgada na última segunda (6), 7% dos brasileiros ainda não sabem em quem votar para presidente. No caso dos paulistas, quando questionados sobre a escolha para governador, o número de indecisos sobe para 9%. A situação piora ao se analisarem as intenções de voto para o Senado. Neste ano, cada eleitor tem de indicar dois candidatos. A menos de um mês da eleição, 24% só escolheram um dos nomes — 14% não sabem em quem votar para nenhuma das duas vagas.

+ Responda à nossa enquete: você lembra em quem votou nas últimas eleições?

“A indefinição é ainda maior para os cargos de deputado federal e estadual”, afirma o cientista político Rubens Figueiredo, do instituto Cepac (Centro de Pesquisa, Análise e Comunicação). “Essas escolhas são muitas vezes feitas em cima da hora ou baseadas em palpites de terceiros.” Engana-se, porém, quem pensa que tais cargos são menos importantes que os demais. Ocupantes de cadeiras na Assembleia Legislativa, na Câmara Federal e no Senado são responsáveis por propor e vetar projetos que interferem diretamente no cotidiano das pessoas, bem como por fiscalizar a destinação do dinheiro do contribuinte e as ações governamentais. Nas matérias abaixo, VEJA SÃO PAULO mostra para que servem os senadores e os deputados, e o que é preciso levar em conta na hora de escolhê-los.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO