Cidade

Edifício Itália não tem alvará dos bombeiros

Documento venceu dia 14 de janeiro e não pode ser renovado devido ao uso de materiais fora dos padrões de segurança

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

Edifício Itália - 2272
Prédio foi atingido por um incêndio no último sábado (3) (Foto: Mario Rodrigues)

O Edifício Itália, no centro de São Paulo, estava sem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento que atesta a segurança de edificações em São Paulo. O prédio foi atingido por um incêndio no sábado (3). Ninguém se feriu. O restaurante, localizado na cobertura, deve reabrir na quinta (8).

Segundo o Corpo de Bombeiros, o AVCB do edifício venceu em 14 de janeiro. Em 9 de fevereiro, a administração pediu nova vistoria no prédio, o que foi feito. Mas, segundo os bombeiros, a solicitação foi indeferida - o local tinha materiais de acabamento que não estavam em conformidade com a legislação.

+ Dez motivos para ir ao Terraço Itália

"É o responsável pelo imóvel quem deve procurar pelos bombeiros e solicitar o Auto de Vistoria. Após a solicitação, a vistoria é feita, mas o auto não pode ser emitido se há inconformidades, como foi o caso", explica o capitão dos bombeiros Marcos Palumbo, porta-voz da corporação. "O Corpo de Bombeiros não fiscaliza se o prédio tem ou não documento. Mas informa, para a segurança do frequentador, a lista de locais que têm", continua.

No caso do Edifício Itália, segundo Palumbo, uma das inconformidades anotadas pelos bombeiros foi quanto ao material do carpete do restaurante. Foi justamente ali que o incêndio se propagou, segundo os bombeiros. O fogo começou pouco depois das 7 horas. A fumaça preta pôde ser vista dos prédios vizinhos.

+ Briga entre síndico e condômino do Edifício Itália

Procurado, o Terraço Itália informou que a administração do prédio deveria ser acionada para falar sobre o assunto, mas ela não foi encontrada até o fechamento desta edição.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Fonte: Estadão Conteúdo