Noite

A moda agora são os drinques servidos em jarra

Versões para até quatro pessoas ganham espaço no cardápio de bares e restaurantes

Por: Ricky Hiraoka - Atualizado em

Spritz
Spritz em jarra (Foto: Divulgação)

Enquanto a clientela divide no Instagram as imagens dos pratos que saboreia e, no Facebook, os comentários sobre as mesas do entorno, alguns bares e restaurantes estão mirando em outro tipo de compartilhamento. É a tendência dos drinques que vêm em jarra para ser degustados por grupos, no estilo da sangria, mas feitos de vodca, rum e demais destilados. “A freguesia sempre pediu opções coletivas”, diz Flavio Tupinambá, do restaurante Ruaa, da Vila Madalena. Há três semanas, o estabelecimento começou a servir o jun daiti soda, mistura de saquê, soda e pedaços de abacaxi ao custo de 59 reais por 1 litro. A iniciativa deu certo e tem representado 25% das vendas de bebidas alcoólicas do endereço a cada noite. Para janeiro, Tupinambá promete que dois clássicos etílicos ganharão variantes tamanho-família: a caipirinha e o mojito.

Jarras de Clericot
As três versões de clericot do Sallvattore (Foto: Divulgação)

Foi por observar o comportamento das mesas das duas unidades do Zena Caffè, no Itaim Bibi e nos Jardins, que Carlos Bertolazzi, dono do negócio, decidiu que o aperol spritz (mix de prosecco, licor de aperol, soda e laranja) teria uma versão de 1 litro. “Percebia que o spritz sempre era pedido por turmas”, explica.

Jun Daiti Soda Abacaxi
Jun Daiti Soda Abacaxi (Foto: Rodrigo Capote)

No tamanho grande, o preço é de 58 reais, uma pequena vantagem, de cerca de 20%, sobre os 250 mililitros a 18 reais da pedida individual. O Sallvattore, do Itaim Bibi, aposta no clericot (com variações de vinhos tinto, branco e rosé). “Estamosfazendo testes para implementar mais uma bebida coletiva no início de 2014”, informa o gerente Claudio Nogueira. Para as mesas nas quais a jarra não é o bastante, o Public Bar & After Bar, que abre oficialmente em 15 de janeiro na Avenida Faria Lima, oferecerá baldes de 2,2 litros com misturas de vodca. “A vantagem é que todo mundo fica animado junto”, brinca o sócio Kako Perroy.

Coleção de verão

Opções de mistura individual lançadas na estação

French
French (Foto: Divulgação)

Preço: 33 reais

Onde é vendido: bar., em Pinheiros

Ingredientes: gim, uva verde, suco de limão-siciliano e espumante

Zacapito
Zacapito (Foto: Divulgação)

Preço: 35 reais

Onde é vendido: Adega Santiago do Shopping Cidade Jardim

Ingredientes: rum, açúcar, folhas de menta, limão-taiti, abacaxi e soda

Ciroc Coconut Lemongrass
Ciroc Coconut Lemongrass (Foto: Divulgação)

Preço: 23 reais

Onde é vendido: Due Cuochi, no Itaim Bibi

Ingredientes: vodca sabor coco, cubos de abacaxi e folhas de capim-limão

Fonte: VEJA SÃO PAULO