Vale a Viagem

Doze motivos para visitar Socorro

A 138 quilômetros da capital, a cidade é um bom destino para quem quer fazer compras, atividades de aventura ou dar aqueeela descansada

Por: Mariana Rosário - Atualizado em

Socorro - Pedra da Bela Vista
Pedra da Bela Vista: um dos pontos para visitar na cidade (Foto: Mariana Rosário)

Localizada a 138 quilômetros da capital, a cidade de Socorro tem pouco mais de 39 000 habitantes e um clima interiorano, perfeito para quem quer relaxar do corre-corre da metrópole. Mas não se deixe enganar: também não falta o que fazer para o turista que curte atividades mais radicais, daquelas que turbinam a adrenalina e dão um friozinho na barriga. Na gastronomia, o que chega à mesa está bastante ligado às influências - a cidade está muito próxima da divisa com Minas Gerais e de uma grande colônia de descendentes italianos. Assim, se fazem sempre presentes receitas como costela, torresmo, doce de leite e, entre as italianas, bife à parmegiana e massas.

Um portal localizado logo na entrada de Socorro dá as boas vindas aos recém-chegados e abriga também um centro de informações turísticas, onde é possível pedir dicas sobre hotéis, pousadas, passeios e rotas para chegar até a atividade planejada. Mas não é difícil circular por lá: no chamado Caminho Turistico do Rio do Peixe está boa parte dos passeios mais procurados. Para não ter nenhum contratempo, é bom levar dinheiro em espécie no bolso, pois as maquininhas para cartões de débito e crédito costumam ficar fora de área nesta região da cidade. 

Embora ofereça atrações o ano inteiro, Socorro torna-se ainda mais interessante no mês de agosto, quando as comemorações da Festa da Padroeira, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e da Festa do Morango, colocam o município em festa todos os finais de semana. Por fazer parte de um programa de turismo acessível, o municípío também é um bom destino para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. 

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

1. Morro do Cristo - É um bom lugar para fazer a primeira parada. Além de poder sentar para descansar das quase duas horas de viagem, o monumento do Cristo, que está a 913 metros do nível do mar, permite uma bela vista para a paisagem de campos e colinas. O oratório, localizado embaixo dos pés da estátua, foi constuido por um morador da cidade há quase 50 anos e recebe até hoje velas e orações. O passeio gratuito também conta com um centro de informações que oferece ao visitante banheiros, água e café, além de dicas sobre as atrações da cidade. 9h/18h (fecha seg. e ter.). Endereço: Acesso pela Rua XV de Agosto | Telefone: (19) 3855-6079. 

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

    

2. Shopping Moda de Fábrica - Vale a pena visitar esse minishopping que fica bem próximo ao Morro do Cristo. O local concentra diversas lojas de produtos confeccionados nas malharias da região. Ali também funcionam cafés e restaurantes, entre eles o Sal e Pimenta, que tem uma vista privilegiada para o Horto Municipal. 9h/18h (sáb. dom. e feriados até 19h; na seg., apenas algumas lojas abrem). Endereço: Avenida Deputado Antonio Silvio da Cunha Bueno ( Rod. Bragança Paulista-Lindóia), 3230 | Telefone: (19) 3895-3327. www.modadefabrica.com.br.

 + Brotas: destino de aventura a 250 quilômetros da capital

+ Rafting, cachoeira, trilha e outros passeios em São Luiz do Paraitinga

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

3. Horto Municipal  - Localizado entre o Shopping Moda de Fábrica e a Feira Permanente de Malhas, a área verde funciona como um espaço de preservação com atividades que envolvem os estudantes da cidade. Para os turistas, a dica é ficar atento à feirinha com comidinhas e artesanato que acontece por lá aos fins de semana. O local fica aberto todos os dias, das 7h30 às 17h Endereço: Rodovia Capitão Barduíno, 3317 |Telefone: (19) 3895-8316.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

4. Feira Permanente de Malhas - É uma versão menor do Shopping Moda de Fábrica, com mais opções para quem procura roupas de crianças e comidinhas típicas. A Feira Permanente de Malhas é famosa pelo bom preço e pela variedade de peças, que vão de camisetas, passam por vestidos até malharias. Ali também é possível encontrar doces de leite e licores produzidos na cidade. Ao lado, funciona um café empório com informações turísticas.9h/11h30 e 13h30/17h30 (sáb. dom. e feriados, 9h/12h e 14h/18h30; na seg., apenas algumas lojas abrem). Endereço: Avenida Deputado Antonio Silvio da Cunha Bueno, 3320 | Telefone: (19) 3895-3347

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

5. Espaço do Artesanato - Parada obrigatória para quem quer comprar lembrancinhas e artesanatos feitos na cidade. Todos os produtos vendidos na lojinha, entre eles colheres e outros utensílios doméstico são produzidos por 35 artesãos. Funciona todos os dias, das 9h às 18h. Endereço: Centro de Exposição João Orlandi Pagliusi, Rodovia Deputado Antônio Silva Cunha Bueno, s/nº.

+ Dez razões para visitar Boituva

+ O melhor de São Roque

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

6. Parque Ecológico Monjolinho - São 40 000 metros de área verde, com vista privilegiada para o Rio do Peixe. A trilha de cerca de 30 minutos tem como paisagem diversas orquídeas e bromélias naturais. A mascote do parque, uma cadela vira-lata, acompanha quem se aventura pelo caminho. Pelo trecho encontram-se diversas placas bem-humoradas e sensores de movimento fazem tocar música quando o visitante passa por esculturas de personagens como a Branca de Neve e os Sete Anões. O ingresso que dá acesso ao parque custa 10 reais e vale por três dias (grátis para crianças de até 9 anos). Atividades extras, como arvorismo (52 reais),tirolesa (25 reais), rapel (42 reais) e trilha do cipó (30 reais), são cobradas a parte. O local funciona das 9h às 18h de quarta a domingo; nas férias, abre todos os dias. As atividades estão inclusas para quem se hospeda na pousada Mata que Canta, que fica ao lado. Diárias a partir de 250 reais o casal nos finais de semana. Endereço: Estrada Socorro/Munhoz, quilômetro 6, Corredor Turistico do Rio do Peixe | Telelefone: (19) 3895 -7346.   | www.parquedomonjolinho.com.br.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

7. Gruta do Anjo - Um dos mais belos destinos da cidade, a gruta é resultado de expedições de extração de diversos minérios. Quando foi desativada, infiltrações criaram uma piscina natural que chega a ter quatro metros de profundidade em alguns trechos, e se tornou um viveiro de carpas que podem ser vistas no passeio de pedalinho. Funciona de terça a sexta, das 9h às 16h, sábado, domingo e feriados, das 9h às 17h e nas férias, abre todos os dias. A pousada que fica ao lado da gruta oferece chalés (220 reais a diaria para o casal) e uma casa com capacidade para até doze pessoas (700 reais a diária). Endereço: Bairro do Rancho Alegre, Corredor Turístico Rio do Peixe, quilômetro 1,5 | Telefone: (19) 3895-1357 |  www.pousadagrutadoanjo.com.br.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

8. Parque dos Sonhos - São trilhas, seis cachoeiras, atividades de aventura em um ambiente que também mescla espeguiçadeiras e redes para relaxar. O Hotel Fazenda Parque dos Sonhos tem aproximadamente 60 000 metros quadrados de área. Entre suas atrações estão uma tirolesa com um quilômetro extensão (60 reais por pessoa), 140 metros distante do chão e uma curiosidade: ela vai de São Paulo a Minas Gerais. Para os menos corajosos, há uma versão mais "leve", com 200 metros de extensão (30 reais por pessoa). O local também oferece um bufê servido sobre um fogão a lenha a 35 reais por pessoa. Para curtir um dia no parque, com refeição inclusa, adultos pagam 180 reais pelo day use; para crianças de 5 a 12 anos, o preço é de 120 reais. Funciona todos os dias, das 8h às 18h. O local também oferece pacotes de fim de semana. Endereço: Estrada da Varginha, quilômetro 7, Limoeiro | Telefone: (19) 3895-3161| www.parquedossonhos.com.br.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

9. Pedra da Bela Vista - Palco para diversos pedidos de namoro e casamento, o ponto turístico é o mais alto da cidade de Socorro, com ingresso no valor de 10 reais (grátis para crianças de até 7 anos). A Pedra da Bela Vista também conta o maior rapel da cidade, com 98 metros de altura (85 reais por pessoa). Para aguardar o pôr do sol, um bar e restaurante oferece diversas comidinhas, incluindo pizza e o pan de palo (10 reais), uma receita tradicional peruana que consiste em um pão assado na fogueira e recheado de doce de leite, requeijão ou goiabada, entre outras alternativas. O local pode ser visitado de quinta a domingo, das 10h até o pôr do sol. Cinco chalezinhos estão disponíveis para quem quer passar a noite, com diárias a partir de 150 reais o casal, com café da manhã. Endereço: Rodovia Capitão Barduíno, acesso pelo Bairro Santa Rosa ou pelo Corredor Turístico Rio do Peixe  | Telefone: (19) 9 9175-7600 | www.pedrabelavista.com.br

rafting
(Foto: Canoar/divulgação)

10. Rafting no Rio do Peixe - Eis uma atração para quem não dispensa a adrenalina. São até sete quilômetros de corredeiras no Rio do Peixe, em um passeio que dura aproximadamente duas horas. Para os menos corajosos, existe a opção mais curta, de quatro quilômetros. É importante ligar e agendar o passeio antes da visita. Entre as agências que promovem este tipo de programa está a ProximAventura, que cobra 110 reais para aproximadamente três horas de atividade, incluindo instrução. O rafting mais curto sai por 90 reais. Já a agência Rios de Aventura realiza o passeio dentro do Parque do Monjolinho e cobra 95 reais para o percurso de sete quilômetros e 79 reais para o passeio de quatro quilômetros. PróximaAventura: Informações, (19) 99906-7544 | www.proximaventura.com.br. Rios de Aventura: Informações, 9 9935-7179 | www.riosdeaventura.com.br

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

11. Sorveteria Ademar - A mais tradicional sorveteria da cidade é decorada com diversas fotos de celebridades ao lado do dono do lugar, o Ademar. Além das imagens com Roberto Carlos, Fernando e Sorocaba e Sandy & Júnior, grande também é a variedade dos sabores de sorvetes oferecidos pela casa. Feitos de modo artesanal, os tradicionais morango, chocolate e sensação entram no bufê que custa 43,00 o quilo. Endereço: RuaTreze de Maio, 88, centro | Telefone: (19) 3895-2191 | Horário: 12h/20h.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

12. O Centro e a Praça da Matriz - A noite, a praça se ilumina e os barzinhos e pontos de venda de açaí ao seu redor enchem de gente. Durante o dia, vale visitar a Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Praça da Matriz. Seg. a sex., 8h/17h; sáb. até 21h; dom. 6h às 12h), com seus belos vitrais e obras de arte sacra. Perto dali, o Cine Cavalieri Orleandi (Rua Campos Salles, 63), apesar da decoração "retrô", tem filmes bem recentes em cartaz. 

Como chegar: quem vai de São Paulo para Socorro deve seguir pela Rodovia Fernão Dias até Bragança Paulista e, de lá, continuar viagem pela SP- 008. Também é possível ir a Socorro de ônibus: a passagem custa cerca de 40 reais e há saídas diárias da Rodoviária Tietê. 

Fonte: Veja São Paulo Revista (Redação)