Filantropia

Doutores da Alegria inauguram centro cultural em Pinheiros

Quase com dezoito anos, ONG tem nova casa

Por: C.B.B. - Atualizado em

O menor centro cultural de palhaços do mundo. É assim que os Doutores da Alegria vêm chamando o espaço que será inaugurado na quinta (3), na sede do grupo, em Pinheiros. Trata-se de uma casa de dois andares, toda reformada, onde serão realizadas palestras, apresentações e oficinas para adultos e crianças. No mês em que a ONG especializada em confortar e divertir crianças hospitalizadas comemora dezoito anos, haverá uma série de atividades gratuitas (veja o quadro). "Nossa intenção é interagir cada vez mais com o público", diz o ator Wellington Nogueira, fundador e coordenador-geral dos Doutores da Alegria, que empregam atualmente 44 artistas (29 apenas em São Paulo). Desde que Nogueira vestiu o nariz de palhaço pela primeira vez e se transformou no "doutor Zinho", mais de 650.000 crianças foram atendidas pela trupe em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e no Recife.

O Espaço Doutores da Alegria ficará aberto de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas - os fins de semana foram reservados a atrações especiais. Pesquisadores, estudantes, artistas e demais interessados poderão consultar a midiateca, que reúne um acervo de livros, revistas, jornais, teses, vídeos, fotos e outros documentos sobre a história da ONG e a arte do palhaço. As visitas devem ser agendadas por telefone, e o site da organização (www.doutoresdaalegria.org.br) traz a relação de todo o material disponível. No galpão localizado nos fundos da casa continuarão a ser ministradas as aulas da Escola de Palhaços dos Doutores da Alegria, com cursos de dois anos para atores profissionais e de três meses para amadores. Uma lojinha oferecerá produtos personalizados dos besteirologistas (a "especialidade médica" do palhaço que trabalha no hospital).

Espaço Doutores da Alegria. Rua Alves Guimarães, 73, Pinheiros, 3061-5523. Segunda a sexta, 9h às 18h. A partir de quinta (3).

Programação de aniversário

Palhestra – quinta (3), às 19h30.

A palestra de palhaços mostra como é o trabalho da ONG nos hospitais

Aula Magna da Escola de Palhaços dos Doutores da Alegria – dia 10, às 19h30.

A professora Ermínia Silva, autora do livro Circo Teatro, fala sobre a teatralidade circense

Midnight Clowns – dias 12 e 13, à 0h.

Artistas da ONG e convidados encenam pequenos números de palhaços

Oficina para Pais e Filhos – dia 12, das 10h às 12h.

O coordenador Wellington Nogueira promove jogos de improvisação entre pais e filhos. Passará a integrar a programação regular dos Doutores da Alegria

Palestra Boas Misturas – dia 17, às 19h30.

Thais Ferrara, atriz, e Morgana Masetti, psicóloga, falarão sobre a relação que médicos e palhaços desenvolvem nos hospitais

Doutores Contam Causos – dia 24, às 19h30.

Os palhaços Picoli, 82 anos, e Picolino, 87, contarão passagens de sua vida profissional

Fonte: VEJA SÃO PAULO