TURISMO

Dono de pousada faz ameaça a hóspede após crítica negativa

Proprietário envia carta informando que irá processar estudante de biomedicina caso ela não apague de site relato sobre sua "experiência desagradável" no local 

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Chalés Buenos
Fachada da pousada Chalés Buenos, em Monte Verde (Foto: Reprodução)

Uma paulistana de 26 anos recebeu uma carta com ameaça de processo judicial caso não retirasse do ar uma avaliação negativa que havia feito sobre uma pousada em Monte Verde, no Sul de Minas. 

+ Luize Altenhofen faz gesto obsceno para criticar o Brasil

A estudante de biomedicina Desirée Rivas se hospedou, em janeiro, na pousada Buenos Chalés e decidiu publicar, no mês passado, no TripAdvisor (site que permite aos usuários trocar informações sobre destinos e estabelecimentos) avaliação de sua "experiência desagradável" no local. 

Carta Chalé
Telegrama enviado por dono de pousada a hóspede: ameaça de processo judicial (Foto: Reprodução)

O dono do empreendimento, Adriano Bueno, não gostou do que leu. Primeiramente, ligou para a hóspede e pediu que ela removesse o comentário no site. Ela não acatou, pois segundo publicou em sua timeline no Facebook todas as informações são verdadeiras. Bueno, então, mandou uma notificação para a residência de Desirée com a seguinte ameaça: se não apagasse o comentário, tomaria medidas judiciais. “Se não vai pelo amor, vai pela dor”, disse Bueno. Leia abaixo a versão de cada um deles.

Adriano Bueno, dono da pousada:

O senhor não aceita críticas negativas no TripAdvisor?

Não é bem assim. Ela fez uma crítica após os trinta dias da hospedagem e, além disso, o teor não condiz com a realidade. Não houve esse transtorno todo que ela relata.

Explique melhor.

Ela fez uma reserva em data errada, já começa por aí. As fotos do nosso site mostram que não temos box no banheiro, então ela não tinha que reclamar disso. Ela também sabia que não temos calefação.

O senhor não teme que a notificação e a possível ação tenha um efeito contrário?

Não sei, pode até ser. Mas, no site, há críticas antigas à pousada. Todas estão lá e não pedi para as pessoas retirarem. Essa, no caso, não condiz com a realidade. Falei com a Desirée e fiz a notificação. Se ela não tirar até as 17 horas desta quinta (16), entrarei com uma ação. Se não vai pelo amor, vai pela dor.

Caso pousada Monte Verde Desiree
Desirée Rivas, 25 anos, estudante de biomedicina: experiência ruim foi contada no TripAdvisor (Foto: Reprodução/Facebook)

Desirée Rivas, hóspede e estudante de biomedicina

O que aconteceu?

No começo deste ano, para comemorar o aniversário de 26 anos do meu noivo, eu comprei um final e semana na pousada Buenos Chalé. Fiz a reserva para o dia 25 de fevereiro, mas, me confundi, fui no dia 25 de janeiro. Mas isso não foi problema, pois havia vaga na pousada. Ao chegar ao local, um caseiro me levou até o quarto. Lá, a mulher dele estava deitada na cama vendo TV. Ela me disse que estava ali porque era o único quarto que pegava bem o canal SBT. Além disso, uma criança saiu do banheiro.

+ “Só não rola sexo”, diz Zilú sobre a relação com Marlene Mattos

O que você fez?

Para não ser indelicada, pedi apenas que queria ficar em outro quarto. O pedido foi atendido. No sábado a noite, o dono da pousada foi até o quarto dizer que eu tinha feito a reserva no dia errado, mas ele faria o “favor” de me deixar ficar ali. Foi grosseiro, pois havia vagas. Mas o quarto era muito frio e o banheiro tinha um cheiro ruim por causa da água. A experiência foi desagradável.

Quando postou sua crítica no TripAdvisor?

Em junho. Já tinha passado mais de trinta dias após a hospedagem, mas eu não queria ressarcimento nem nada. Apenas deixar registrado como foi minha estadia por lá, que é justamente esse o propósito do site. Em menos de uma semana, o dono da pousada me telefonou. Achei que seria para pedir desculpas, mas ele queria que eu retirasse. Eu perguntei se ele gostaria de ver alguém deitado na cama onde dormiria com sua mulher em um final de semana romântico. Sabe o que ele respondeu? “Não”.

Mesmo assim você recebeu a notificação...

Sim, estou assustada com a situação. O meu presente neste aniversário do meu noivo foi a viagem, da próxima vez vou optar por dar uma roupa mesmo. Não dá toda essa dor de cabeça. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO