Bares

Bar da Dona Onça apresenta dezenove novas receitas

O concorrido bar no centro, que conquistou uma legião de fãs, também estreou uma adega climatizada

Por: Fabio Wright - Atualizado em

Dona Onça_2163
Caranguejo no leite de coco: R$ 39,00 (Foto: Mario Rodrigues)

Instalado no térreo do Edifício Copan, no centro, o Bar da Dona Onça conquistou uma legião de fãs na cidade, sobretudo pelo desempenho de sua cozinha — premiada na edição especial 'Comer & Beber' de ‘VEJA SÃO PAULO’ em 2008. Para agradar à exigente clientela que sempre cobra por novidades, a chef e proprietária Janaína Rueda acrescenta de tempos em tempos receitas ao cardápio. No início de abril, incluiu mais dezenove criações — identificadas no menu pelo desenho de uma pegada de onça.

Uma dessas delícias, o agnellotti dal plin é elaborado no restaurante Pomodori, do chef Jefferson Rueda, marido de Janaína. A massa vem recheada de carne bovina preparada na panela de pressão e valorizada por um delicado molho do próprio cozido. Pode ser provado nas versões petisco ou prato. Igualmente saborosa mostra-se a panelinha de frutos do mar. Trata-se de um cassoulet (cozido de feijão branco) de camarão, lula, vôngole e mexilhão com um discreto toque de curry. Atente-se ainda à linguiça de porco feita lá mesmo, e ao caranguejo no leite de coco, levado à mesa na companhia de martelinho e tábua, para quebrar a casca do crustáceo, e uma lavanda.

No quesito etílico, a casa estreou uma adega climatizada para 800 garrafas. Dentro de duas semanas, lança uma nova carta de vinhos, com 220 rótulos. Entre as opções de boa relação custo-benefício está o tinto espanhol Artero Tempranillo 2007, por R$ 62,00, já à venda.

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪✪

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO