Noite

Domingueiras: seis festas para começar a semana

Do forró ao eletrônico, boas baladas garantem o agito aos domingos

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

canto-da-ema
Canto da Ema: forró aos domingos (Foto: Divulgação)

A programação dos domingos não costuma ser das mais agitadas. Algumas casas noturnas, porém, aproveitam que a programação nesse dia costuma ser mais fraca e investem em boas festas. A GLS A Lôca, tradicional ponto da Rua Frei Caneca, tem a sua domingueira há 14 anos, sempre com uma irreverente mistura de pop e rock comandada pelos DJs residentes André Pomba, Gabriel Rocha, Ginger Hot e Sérjô. Tambem voltada ao público gay, a Yellow, na The Society, tem pop e house e entra na programação neste domingo (30).

+ Estreia da festa Yellow anima o The Society neste domingo (30)

No Grazie a Dio!, na Vila Madalena, uma turma descolada curte o som da banda Sambasonics, que tem lugar cativo na programação com samba-rock. Quem quer ensaiar alguns passos de dança também tem outras duas boas alternativas: no The Clock Rock Bar, clube dedicado ao rockabilly Perdizes, fãs do gênero balançam na festa sediada aos domingos a cada quinze dias (confira a programação antes de sair de casa). Já o Canto da Ema, em Pinheiros, anima a noite ao som de forró - e ainda oferece uma aula paga de forró para os inexperientes das 17h às 18h.

O Open Bar Club atrai atores, universitários e alternativos com a badalada Gambiarra, que promove uma verdeira mistureba de gêneros musicais. Confira o roteiro abaixo:

  • Estilos variados

    Gambiarra
    3 avaliações
    A festança continua arrastando um público descolado, artistas e universitários moderninhos para cair na noite. Com o clima “sem medo de ser feliz”, a proposta é dançar até o amanhecer nas três pistas do espaço, com trilhas sonoras variadas, da bagaceira ao eletrônico. Para celebrar os oito anos de existência, a folia é especial e convoca a apresentadora Luciana Gimenez para discotecar. A noitada continua com o show da Batida Nacional, banda formada por Lan Lan, Nanda Costa e DJ Deeplick, e com os DJs residentes, Miro Rizzo, Evelyn Cristina e Fabio Ock. Dia 11/3/2016.
    Saiba mais
  • Bares variados

    Grazie a Dio!

    Rua Girassol, 67, Pinheiros

    Tel: (11) 3031 6568

    1 avaliação

    Algumas bandas, caso do Clube do Balanço, têm lugar cativo na programação. A agenda vai do samba ao soul, com incursões pela MPB. Para descontrair, há cervejas como a Bohemia. Recarregue as baterias com pedidas como o arancini siciliani, um bolinho de risoto recheado de carne moída e queijo.

    Saiba mais
  • Uma das mais tradicionais folias de gays da cidade, a domingueira é comandada por Andre Pomba, Gabriel Rocha e Serjô. A noitada se consagrou como "gay rocker". Há dezesseis anos, enche o inferninho na Frei Caneca e mescla o som com outros estilos e performances. Durante todo o mês, a organização dedica as festas para a dança. Neste domingo, a festa tem os anfitriões, Emerson Ueda, Fuell, Johnattan Phoenix, Nando Straits, Fernando Lavigne, Lucas Fontynelli e Felipe Bortolotto nos pickups. Dia 11/10/2015. 
    Saiba mais
  • Bares variados

    The Clock Rock Bar

    Rua Turiaçu, 806, Perdizes

    Tel: (11) 3672 0845

    13 avaliações

    A casa reúne fãs de rockabilly. No palco, bandas põem para dançar meninas de saia rodada e meninos topetudos. Um dos hambúrgueres, o star burger traz um bife de 150 gramas coberto com queijo prato, bacon, cebola caramelada e molho de mostarda com mel.

    Saiba mais
  • Forró

    Canto da Ema

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 364, Pinheiros

    Tel: (11) 3813 4708

    4 avaliações

    Aqui, os forrozeiros se sentem em casa. Há aqueles que esbanjam malemolência na pista e os mais acanhados, que arriscam passinhos nos cantos do salão. Ícones do gênero, a exemplo de Dominguinhos e Luiz Gonzaga, figuram no repertório dos grupos que tocam ao vivo.

    Saiba mais
  • Aposta do empresário André Almada, sócio da disputadíssima boate The Week, o clube mira o público GLS mais sofisticado. Um casarão de 800 metros quadrados, construído no começo do século XX, foi transformado pelas mãos do arquiteto Sig Bergamin. A decoração, baseada na mansão de um aristocrata boêmio, inclui um lustre de cristal de 3 metros de altura, quarenta retratos pintados a mão e 43 poltronas e sofás. Tocada pelo sistema de som top Funktion-One, a bem escolhida trilha sonora envereda por um eletrônico mais levinho. No domingo (25), a partir das 21h, o clube recebe a festa Yellow, embalada por pop e house music. À frente dos pick-ups estão os DJs residentes Gustavo Vianna e André Rosa. Dia 25/11/2012.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO