Restaurante

La Dolce Vita apresenta esmerados pratos italianos na Villa Daslu

Entre as opções do cardápio está o tagliatelle de massa colorida e perfumada por hortelã com ragu de cordeiro, rúcula e broto de salsão

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Robalo grelhado 2190
Robalo grelhado servido sobre brandade de feijão-branco (Foto: Fernando Moraes)

Novo inquilino gastronômico da Villa Daslu, o La Dolce Vita faz várias referências à Itália. Em funcionamento desde setembro, tem salão dividido em cinco ambientes decorados com fotos do filme homônimo de 1960, dirigido por Federico Fellini e protagonizado por Marcello Mastroianni e Anita Ekberg. Embora declarado mediterrâneo, o reduzido cardápio traz apenas uma seleção de receitas italianas. Na cozinha, os trabalhos são comandados pelo catarinense Fernando de Souza, que já passou pelo Emiliano e ocupou o posto de subchef no L’Atelier São Paulo.

Anita Ekberg 2190
A atriz Anita Ekberg: foto decora o salão (Foto: Luca Fonseca)

Uma de suas sugestões, a mezzaluna leva recheio de bacalhau e vem regada a um marcante molho à putanesca (R$ 55,00). Mais saborosa, outra opção do mar é o robalo grelhado disposto sobre brandade de feijão-branco ao molho de azeite, tomate-cereja, alcaparra, azeitona preta e ervas (R$ 58,00). O delicioso tagliatelle de massa colorida e perfumada por hortelã ganha a parceria de ragu de cordeiro, rúcula e broto de salsão         (R$ 47,00). De ótima textura, o risoto de presunto cru chega valorizado pela adição de purê de aspargo (R$ 39,00).

Na sobremesa, a confeiteira Denise Ono acerta na cremosa cheesecake de mascarpone (R$ 22,00). Por enquanto, a carta de vinhos se resume a exemplares italianos, entre eles o tinto Barbera Colli Piacentini DOC 2008 (R$ 89,00).

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO