Mercado

Com a queda de preço, devo comprar dólares?

Dois especialistas falam sobre as oscilações políticas e econômicas atuais

Por: Rogério Dias - Atualizado em

dólar
Dólar opera em baixa (Foto: Clayton de Souza/Agência Estado)

A política, que vive um momento conturbado no país, influencia (e muito) a economia. Por isso, o valor do dólar tem variado bastante. Com isso, muita gente se pergunta se não é o momento de comprar a moeda, que opera nesta terça (22) a 3,61 reais.

A previsão anterior era de que atingisse os 5 reais, mas as incertezas sobre Dilma e Lula fizeram com a moeda ficasse com preço mais baixo do que o esperado. A reportagem de VEJA SÃO PAULO conversou com dois economistas para explicar se seria um bom negócio investir no dinheiro americano hoje.

+ Dicas imperdíveis para comprar roupas e acessórios bacanas no Brás

Raul Velloso, consultor econômico e colunista dos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo, explica que os mercados acreditam que um novo presidente teria as respostas para resolver os problemas. Por isso que, ao se falar em impeachment, o preço despenca.

“Se a pessoa achar que o governo cairá ou será substituído, pode ser que esteja comprando o dólar caro, pois o preço baixará. Se o governo se mantiver, deve-se comprar logo para não correr risco de aumento”, diz.

Velloso afirma que, neste momento instável, mostra-se preferível aplicar em títulos públicos, pois o ganho é certo.

Para o economista da RC Consultores Thiago Biscuola, o investimento em dólares não é algo bom atualmente, pois não se sabe quais serão os desdobramentos políticos. Com as incertezas, não dá para cravar se tratra-se de um momento de oportunidade ou precaução. 

+ Dilma deveria renunciar, avalia jornal britânico

Porém, Biscuola acredita que, no caso de um investimento a curto prazo, é uma boa ideia. "Para os quem tem interesse em viajar em breve, este é o momento de comprar a moeda”, explica.

Fonte: VEJA SÃO PAULO