Eleições 2014

Dilma dança ao som de "quem não pula é tucano" na PUC

Incentivada por estudantes da universidade católica, Dilma arriscou alguns passos durante evento de apoio a sua candidatura

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Em agenda de campanha na segunda-feira (20) em São Paulo, a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, participou de um ato de apoio de artistas e intelectuais na Pontifícia Universidade Católica (PUC). Além de pesos-pesados do mundo político - estavam lá o ex-presidente Lula, a ministra Marta Suplicy e o vice-presidente Michel Temer (PMDB), entre outros -, dividiram o palco com Dilma os escritores Fernando Morais e Raduan Nassar, o dramaturgo José Celso Martinez Corrêa e o ator Sergio Mamberti.

+ Datafolha: Dilma está numericamente à frente de Aécio

+ Lady Gaga, Beyoncé e outras celebridades "apóiam" Dilma em montagens

Mas foi a "plateia" do lado de fora do teatro Tuca que fez Dilma protagonizar o momento mais inusitado do encontro. Universitários que não tiveram acesso ao evento oficial fecharam parte da Rua Monte Alegre, em Perdizes, onde fica a PUC. Em meio a vários gritos de guerra, cantavam "quem não pula é tucano". Acenando para o público de uma janela, a presidente entrou na brincadeira e começou a pular. A "dança" começa a partir do minuto 1:13 do vídeo (veja acima). 

+ Como você avalia o nível da campanha? Responda à enquete

+ Tumblr Divas e Dilma faz sucesso na internet

A eleição do novo presidente da República será realizada no próximo domingo (26) e o último debate entre os candidatos será nesta sexta (24), depois da novela Império, na Globo. 

Pesquisa Datafolha divulgada na noite de segunda (20) mostrou que, pela primeira vez no segundo turno, Dilma está numericamente à frente de Aécio Neves (PSDB). O levantamento indicou que a petista tem 52% dos votos válidos (excluídos votos brancos, nulos e indecisos) contra 48% do tucano. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO