Política

Dilma e Lula são hostilizados na Festa do Peão de Barretos

Manifestação dos participantes do evento foi divulgada nas redes sociais

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Barretos
Festa do Peão de Barretos: evento reuniu cerca de 40 000 pessoas no show do cantor Garth Brooks (Foto: João Moura /Fotoarena/Folhapress)

A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram hostilizados durante a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. O caso aconteceu antes do início do show do cantor Garth Brooks, principal atração da festa, na madrugada de domingo (23).

+ Protesto contra Dilma reuniu 350 000 pessoas na Paulista

Em coro, parte dos participantes da festa ofendeu Dilma e Lula após a cerimônia de abertura do evento. O protesto foi gravado e divulgado nas redes sociais, ganhando grande repercussão. Cerca de 40 000 pessoas acompanharam o show.

+ Estudantes fazem protesto em aula do secretário Alexandre de Moraes

 

+ Confira as principais notícias do dia

Situação semelhante aconteceu durante a abertura da Copa do Mundo, na Arena Corinthians, em São Paulo, no ano passado. Na ocasião, a presidente foi hostilizada logo após a execução do hino nacional e também durante a partida.

Fonte: VEJA SÃO PAULO