Especial

Sommelière Cilene Saorin explica diferenças entre tipos de cerveja

Comparação leva em conta cinco quesitos, de aparência a paladar

Por: Fabio Wright [colaborou Arnaldo Lorençato] - Atualizado em

cerveja
Vários tipos de cerveja: cada bebida combina com um tipo de prato (Foto: Divulgação)

A pedido de VEJA SÃO PAULO, a sommelière e especialista em cervejas Cilene Saorin explicou as diferenças entre os tipos mais comuns de cervejas. Confira o guia abaixo:

Pilsen

País de origem: República Checa

Característica: Malte de cevada é a base da receita mais popular do mundo

Aparência: Brilhante e amarelada

Paladar: Leve e refrescante

Graduação alcoólica: 4,5% a 5,5%

Harmonização: Saladas, peixes e queijos frescos

Marcas relevantes: Pillsner Urquell, Czechvar, 1795, Bohemia, Original

Weiss

País de origem: Alemanha

Característica: Leva maltes de cevada e de trigo

Aparência: Turva e amarelada

Paladar: Tem notas de banana e cravo

Graduação alcoólica: 4,5% a 5,5%

Harmonização: Peixes, frutos do mar e queijos de casca branca, como brie e camembert

Marcas relevantes: Erdinger, Paulaner, Franziskaner, Bohemia Weiss, Weihenstephaner

English Pale Ale

País de origem: Inglaterra

Característica: Usa maltes de cevada com intensidade de torrefação média

Aparência: Coloração acastanhada

Paladar: Lembra caramelo e apresenta amargor pronunciado

Graduação alcoólica: 4% a 6%

Harmonização: Carnes vermelhas e queijos semiduros, entre eles emmental e gruyère

Marcas relevantes: Fuller’s London Pride, Wells Bombardier, Old Speckled Hen, Eisenbahn Pale Ale

Bock

País de origem: Alemanha

Característica: Traz maltes de cevada com intensidade de torrefação média e alta

Aparência: Marrom-avermelhada

Paladar: Percebem-se notas de bala toffee e caramelo

Graduação alcoólica: 6% a 7%

Harmonização: Embutidos como copa, salame e presunto cru

Marcas relevantes: La Trappe Bock, Baden Baden Bock, Bamberg Bock e Kaiser Bock

Strong Ale

País de origem: Bélgica

Característica: É encorpada, com destaque para as leveduras (responsáveis pela fermentação da cerveja)

Aparência: Vai do amarelo-pálido (strong pale ale) ao marrom-escuro (strong dark ale)

Paladar: Toques frutados e condimentados

Graduação alcoólica: 6% a 9%

Harmonização: Carnes de porco e de caça e queijos azuis (roquefort, gorgonzola e outros)

Marcas relevantes: Duvel, Chimay Blue, Orval, Kwak, Leffe, Eisenbahn Strong Golden Ale

Bière Brut

País de origem: Bélgica

Característica: Aplica o método champenoise (o mesmo usado para fazer champanhe)

Aparência: Amarelada, com presença de borbulhas

Paladar: Frutado e floral

Graduação alcoólica: 11% a 12%

Harmonização: Queijos duros (parmesão e pecorino, por exemplo) e sobremesas feitas com frutas cítricas

Marcas relevantes: Deus, Malheur, Lust

Dry Stout

País de origem: Reino Unido e Irlanda

Característica: Utiliza maltes de cevada com intensidade de torrefação alta

Aparência: Preta

Paladar: Café e chocolate

Graduação alcoólica: 4% a 5%

Harmonização: Grelhados e sobremesas à base de chocolate

Marcas relevantes: Guinness, Murphy’s, Irish Stout, Coopers Best Extra Stout, Baden Baden Stout

Fruit Lambic

País de origem: Bélgica

Característica: Introduz ingredientes inusitados, como cereja ou framboesa

Aparência: Vermelha

Paladar: Marcadamente ácido, com presença das frutas

Graduação alcoólica: 4% a 7%

Harmonização: Queijos de casca branca, como brie e camembert, e sobremesas que levam leite ou chocolate

Marcas relevantes: Liefmans, Cantillon, Bonn

Fonte: VEJA SÃO PAULO