Bichos

Dicas para proteger o animal de estimação do barulho de fogos

Em situações mais graves, os pets podem ter convulsões; veja como resolver o problema

Por: VEJA SÃO PAULO

Cachorro
Animais têm audição muita mais sensível do que a dos humanos (Foto: Stock.xchng)

A tradicional queima de fogos durante a festa de Réveillon proporciona um verdadeiro espetáculo para os humanos, mas pode causar transtornos para os animais de estimação. O barulho provoca preocupação para os proprietários, que devem tomar alguns cuidados para proteger seus pets.

Santos terá a segunda maior queima de fogos do país

Para o blog Bichos, o veterinário Eduardo Pacheco explicou que os animais têm audição muita mais sensível do que a dos humanos. Por isso, o ideal é isolar os pets em um ambiente calmo da casa. Feche os vidros. Se necessário, coloque algodão nos ouvidos do cão.

Ciclofaixas de lazer não funcionam no primeiro dia de 2015

Se o cachorro ficar no quintal na hora dos fogos, ele poderá tentar fugir e se machucar. “Já houve casos de cães que atravessaram portas de vidro de tão eufóricos”, diz. Em situações mais graves, o bicho chega a ter convulsões. Calmantes só devem ser dados com recomendação veterinária, mas florais costumam ajudar.

Fonte: VEJA SÃO PAULO