Compras

Confira dicas para comprar melhor no freeshop

De parcelamento a promoções, fique atento ao que as lojas do Terminal 3 podem oferecem

Por: Veja São Paulo

Movimento de passageiros no saguão do aeroporto de Guarulhos
Aeroporto de Guarulhos: maior freeshop no Terminal 3 (Foto: Manoel Marques)

Os tempos de bonança já não são mais os mesmos e fazer aquelas compras no freeshop ficou mais difícil. Mas, se estiver de passagem pelo aeroporto, vale sempre ter em mente algumas dicas na hora de adquirir um item na Dufry e, assim, evitar ser surpreendido. Confira abaixo a nossa lista: 

+ Novas lojas são abertas no Terminal 3

É tudo free?

Fique atento ao que é duty free (sem imposto) e duty paid (com imposto). Nem tudo que está no freeshop é isento de imposto.

Parcelamento

Na Dufry, é possível parcelar o valor da compra no cartão de crédito. A partir de 100 dólares, em até duas vezes, acima de 300 dólares em três vezes e acima dos 400 dólares, em quatro vezes. Quem tem cartão Mastercard pode dividir compras acima de 100 dólares em quatro vezes, acima de 300 dólares em cinco vezes e acima de 700 dólares em até dez vezes. 

+ O que ainda vale comprar no freeshop

Ida ou volta?

Na ida, pelo Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos, a vantagem é ter o maior número de lojas e menos movimento. E você pode deixar suas compras reservadas para não precisar carregar os produtos na bagagem. Na volta, há menos estabelecimentos, mas o passageiro já terá passado pela Receita Federal e poderá fazer as compras tranquilamente.

Cartão Red
Cartão fidelidade dá direito a promoções (Foto: Reprodução)

Fidelidade

A Dufry tem o Cartão RED, o cartão de fidelidade. Ele é oferecido apenas para quem viaja bastante ao exterior (duas vezes por ano). No entanto é possível solicitar o cartão. “Nós só não oferecemos porque não queremos incomodar o cliente com e-mails mensais de promoções sendo que ele só vai viajar dali dois anos”, explica Gustavo Fagundes, CEO da Dufry. Neste cartão, são oferecidas promoções diferenciadas e até facilidades em países diferentes, como uma experiência em um hotel ou desconto em diárias.

+ Confira as últimas da cidade de São Paulo

Troca de produtos

Quase ninguém sabe, mas também é possível trocar produtos na Dufry. Respeitando o prazo de trinta dias da compra, o passageiro pode efetuar a troca de produtos caso esteja com defeito, não tenha servido ou até se a pessoa presenteada já tinha um produto igual. Para isso, é preciso que o item esteja em perfeito estado e lacrado (no caso das bebidas ou perfumes). Mas atenção: o freeshop responde para a Receita Federal, por isso, existem prazos diferentes para receber outro produto ou o dinheiro de volta. O passageiro deve ir até o aeroporto e solicitar troca e informações.

Dufry
Troca devem ser feitas no máximo trinta dias após a compra (Foto: Divulgação)

Reserva no site

Vai viajar e não quer circular pelo freeshop? No site da Dufry é possível fazer a reserva de produtos e retirar na volta ao país. A loja afirma que mantém o preço da data da reserva. A retirada é feita no desembarque e não é preciso pegar fila na hora de pagar.

Promoções

O freeshop costuma abusar dessa facilidade. As promoções são variadas. Podem ser descontos na compra de mais de dois itens ou brindes de acordo com o valor da compra (não é raro aparecer, por exemplo, uma mala da Lacoste ou uma nécessaire da Versace como presente). Essas promoções não são fixas e nem sempre estão expostas. Por isso, pergunte por elas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO