Comportamento

Pais depois dos 40: Renato Kherlakian

Quando o estilista leva os dois filhos menores ao cinema, a situação é engraçada: todos pagam meia-entrada

Por: Mauricio Xavier e Raquel Grisotto

Capa 2282 - Pais depois dos 40 - Renato Kherlakian
Kherlakian: “a ironia já tem início no estacionamento do shopping, quando eles apontam as vagas para idoso” (Foto: Cida Souza)

Com quatro casamentos no currículo, o estilista Renato Kherlakian, de 62 anos, não hesita em revelar que teve a vida consumida por outro relacionamento, nada secreto: “Meu trabalho foi minha quinta amante”. Dedicação que hoje provoca arrependimento em relação à convivência com as primeiras quatro filhas — Fabiana (42), Renata (39), Stephanie (25) e Jéssica (22). “Queria ter passado mais tempo ao lado delas. Na época eu acreditava que era suficiente. Mas não era”, admite. Uma trajetória que tenta consertar agora com Henrique (10) e Guilherme (8).

+ Como é a vida dos pais que voltaram a encarar a paternidades depois dos 40

Os fins de semana com os mais novos costumam ter os esportes radicais na pauta. Quando eles não vão para a Praia de Camburi, no Litoral Norte, praticar surfe ou mergulho, Kherlakian carrega a dupla para andar de skate em uma pista de São Bernardo do Campo. Os momentos de atividade mais “pacata” são dedicados a partidas de futebol no quintal da casa do estilista, em Alphaville. “É um prazer enorme estar junto deles. Até perguntei no colégio se não podiam me dar uma cadeira na sala de aula para eu passar o dia lá”, brinca.

A diferença de idade entre o trio provoca algumas situações engraçadas, principalmente nas idas ao cinema. “A ironia já tem início no estacionamento do shopping, quando eles apontam as vagas para idoso”, conta. Mas na hora de comprar o ingresso é que eles tiram onda de verdade. O motivo? “Assim como eles, eu pago meia-entrada.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO