Especial

Dia dos Namorados: o melhor da cidade para apaixonados e solteiros

Sugestões de restaurantes e presentes para os pombinhos. Para os "forever alone", baladas que celebram a solteirice

Por: Anna Carolina Oliveira, Bruno Machado e Catarina Cicarelli

Dia dos Namorados
Dia dos Namorados: separamos roteiros para apaixonados e lobos solitários (Foto: Thinkstock)

Data em que o amor é celebrado, o Dia dos Namorados não tem origem romântica. Nos anos 40, junho era considerado o pior mês para as vendas. Por conta disso, o publicitário paulistano João Dória sugeriu aos donos da loja Exposição Clipper, um de seus clientes, uma campanha publicitária para alavancar os negócios.

Com o slogan "não é só de beijos que vive o amor", foi instituída uma data especial no calendário para a troca de presentes. Em 12 de junho de 1949, comemorou-se o primeiro Dia dos Namorados.

+ Claudia Matarazzo dá dicas para não pagar mico no Dia dos Namorados

+ Conselhos para terminar o relacionamento de forma elegante

Independentemente da origem — alguns explicam que a data está relacionada à véspera da celebração de Santo Antônio, o santo casamenteiro —, a verdade é que todos gostam de receber um mimo no dia 12, seja um jantar, um presente ou um filminho a dois.

VEJINHA.COM fez uma seleção que pode ajudar na hora de escolher o programa e o presente certos para demonstrar sua paixão.

Também pensamos em quem faz parte do time dos solteirões. Estes não precisam se aborrecer com a data melosa. Saiba onde curtir a noite e até descolar um par de última hora.

Confira o especial abaixo:

Fonte: VEJA SÃO PAULO