Dia do Sorvete

Dia do Sorvete: dez casas para comemorar a data

Sorvetes com frutas brasileiras, lojas tradicionais, gelados italianos, frozen yogurt e até opções sem leite

Por: Daniel Ottaiano - Atualizado em

Stuzzi - Iogurte com limão
Sorvete de iogurte ao limão-siciliano, do Stuzzi Gelateria Italiana (Foto: Tadeu Brunelli)

Sorvetes com frutas brasileiras, lojas tradicionais, gelados italianos, frozen yogurt e até opções sem leite. Selecionamos dez sorveterias de São Paulo para você comemorar o Dia do Sorvete, nesta quinta (23). Confira abaixo:

Frutos do Cerrado – Reúne mais de sessenta sabores de picolés de sabores tradicionais, como limão, maracujá e uva, e de frutas pouco comuns por aqui, como araçá, cagaita e gabiroba, entre outras. Há também sorvetes de massa.

Häagen-Dazs – A tradicional marca americana de sorvetes oferece o cremoso gelado de sabores comuns _baunilha e chocolate_ e versões que fizeram a fama da marca, como cheesecake de morango e doce de leite. No Dia do Sorvete, quem comprar um sorvete em uma das lojas da rede poderá oferecer uma bola de qualquer sabor a um amigo. As receitas de sorbet de romã, de pêssego branco com flor de laranjeira e de chocolate com pralinés e caramelo também fazem parte da promoção.

Mil Frutas – Criada em 1988, a marca só chegou a São Paulo em 2008. Nas lojas dos shoppings Iguatemi e Cidade Jardim, é possível provar copinhos ou casquinhas que levam receitas de tarte tatin, creme brûlé e chocolate com uísque. No Dia do Sorvete, a loja destinará toda a renda arrecadada com a venda de gelados na unidade Cidade Jardim aos programas educacionais desenvolvidos pelo Instituto Ayrton Senna.

Rochinha – A marca que surgiu no litoral paulista têm freezers em diversos locais da capital e possui duas lojas próprias, com 28 tipos de picolé e trinta de massa. Coco queimado, milho verde, amendoim e groselha estão entre as opções.

Soroko – Na loja do Baixo Augusta, há sorvetes preparados sem leite para intolerantes à lactose e adeptos da dieta vegan, que não permite matéria-prima de origem animal. Versões como limão e melão são à base de água e açúcar. Flocos e leite condensado usam leite de soja.

Stuppendo – A casa de Moema alterna diariamente nas cubas cerca de quarenta versões, que vão das tradicionais goiaba e doce de leite com coco a outras menos comuns, como baunilha com pimenta, coco com saquê e feijão azuki. Para o Dia do Sorvete, um novo sabor será servido: café, amarenas (um tipo de cereja) e crocante de chocolate, a 8 reais a bola.

Stuzzi Gelateria Italiana – O endereço da Vila Madalena serve massas que combinam iogurte com limão-siciliano e pêra com água de coco. Outra opção é o tiramisù, à base de café, queijo mascarpone e vinho marsala.

Taperebá – A loja alterna todos os dias os dezesseis sabores oferecidos. São quatro linhas de sorvetes: frutas, cremosos, Brasil e mesclados, com receitas como figo, musse de maracujá, umbu e banana com vinho do porto.

Vipiteno – Vencedora do Comer & Beber 2010-2011, a sorveteria do chef Laurent Suaudeau serve gelados de sabores como pistache, avelã e iogurte com cereja amarena. Das elaboradas taças, a que leva o nome da casa combina uma bola de chocolate, uma de coco, espuma e calda de cupuaçu, além de uma tela de caramelo de amêndoa.

Yogurberry – A marca dedica-se à nova mania paulistana: frozen yogurt. Preparado com leite e iogurte, pode vir acrescido de chá-verde, além de complementos (toppings) que podem ser frutas, amendoim, mel ou granola. No Dia do Sorvete, quem pedir a versão pequena do doce (7 reais) ganha dois toppings de graça. A promoção vale para todas unidades, exceto a do Shopping Anália Franco.

Fonte: VEJA SÃO PAULO