Restaurantes

Reserve sua mesa on-line para o Dia das Mães

Escolha um restaurante bacana para celebrar a data e garanta seu lugar — sem ficar na fila de espera

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Fogo de Chão - Jardins
Fogo de Chão, nos Jardins: bufê composto de saladas e antepastos (Foto: Fernando Moraes)

Cantaloup — Surpreende pela qualidade desde a inauguração, dezoito anos atrás. E o mérito desse alto padrão deve ser creditado ao restaurateur Daniel Sahagoff, cuidadoso com todos os detalhes, dos itens que compõem o menu à bela decoração do salão dividido em dois ambientes. Longe dos holofotes e concentrado na cozinha, o chef Valdir de Oliveira coleciona acertos desde as entradas, como a porção de arancino de pato ou a miniabóbora cabotiá recheada de camarão. Coberto por uma crosta de amêndoa, o cordeiro surge na companhia de risoto de cogumelos. Ainda entre as sugestões principais, o lombo de javali ao molho de jabuticaba é expedido pelo cozinheiro ao lado de purê de cará e leguminhos. O tiramisu ganha uma versão reinterpretada na forma de um petit gâteau de café com sorvete de queijo mascarpone. Embora esteja longe de ser em conta, a carta de vinhos contempla exemplares bem selecionados. Reserve sua mesa.

+ Descubra o presente que mais combina com sua mãe

Brasil a Gosto — Ainda que o térreo tenha uma ambientação agradável, as melhores mesas ficam no piso superior, com vista para um bonito jardim. No cardápio sintético da proprietária e chef Ana Luiza Trajano, algumas sugestões são velhas conhecidas do público. Entre elas, a saborosa moqueca vegetariana no leite de coco servida na companhia de arroz de coco, farofa de coentro e pirão de leite de castanha-do-pará. Como faz pelo menos três vezes por ano, coloca em cartaz mais um menu temporário. Ela mergulha mais uma vez em receitas do Espírito Santo. Não faltam pedidas como a moqueca, sem dendê nem leite de coco como a baiana, mas colorida com urucum. O outro prato principal é a rabada com feijão-manteiga, purê de jaca e mandioca. Para o Dias das Mães, a sugestão da chef Ana Luiza Trajano é o menu completo do Espírito Santo, por R$ 120,00. De prato principal, surge a pescada-amarela com polenta, tomate assado e pesto de coentro. Com vinhos, o preço sobe para R$ 140,00. Reserve sua mesa.

Brasil a Gosto
Moqueca colorida por urucum: no Brasil a Gosto (Foto: Alexandre Schneider)

Sottovento — Menos movimentado que o vizinho Due Cuochi Cucina, também ocupa parte da cobertura do Shopping Cidade Jardim e oferece uma visão incrível do skyline paulistano. A saída do chef Marcelo Laskani em dezembro não impediu que o cardápio passasse por uma reformulação. Mantém, porém, alguns pratos, como o ravioli dal plin de linguiça. Servida al dente e regada por molho de manteiga de trufas, fava verde e hortelã, a sugestão agradaria ainda mais se não trouxesse o tal aroma trufado. Merece entrar para a galeria de melhores e mais audaciosas sobremesas da cidade o chamado tiramisu de Nutella e banana com sorvete de chocolate. Não se surpreenda se tiver vontade de repetir. Para o Dia das Mães, monta menu completo a R$ 110,00 com salada caprese seguida de raviolini de lula ao molho putanesca. Reserve sua mesa.

+ Tudo sobre Dia das Mães: dos presentes aos passeios

La Pasta Gialla — Além de ser bom cozinheiro, o sócio Sergio Arno tem faro apurado para negócios. De um pequeno pastifício instalado no Itaim nasceu a rede de trattorias, hoje com sete unidades na capital. O cardápio lista oito variedades de bruschetta, nem todas tão boas quanto a clássica de tomate e manjericão. É o caso da versão de linguiça calabresa, cogumelo seco e mussarela de búfala, cuja composição lembra a de uma pizza. Entre as massas de produção própria há tortelli de ossobuco ao molho de cogumelos e cebola caramelizada e nhoque acrescido de filé-mignon em tiras, creme de queijos e um pouco de pistache. Se restar apetite, finalize com o crepe de queijo mascarpone regado com calda de laranja e amêndoas torradas na companhia de sorvete. Reserve sua mesa.

La Pasta Gialla - Restaurant Week
La Pasta Gialla: ravióli de mussarela ao molho pesto e tomate-cereja (Foto: Rafael Wainberg)

Fogo de Chão — Coisa rara, a rede não para de se expandir e consegue manter uma notável qualidade, o que lhe garante a confortável posição de segundo melhor rodízio da capital. Desde 2013, possui cinco endereços paulistanos, onde se podem provar ótimos cortes. Basta indicar o ponto preferido que vão chegando num desfile quase interminável o bife ancho valorizado pelo marmoreio de gordura, a fraldinha de deixar saudade, a apetitosa paleta de cordeiro e o shoulder steak extraído do dianteiro bovino. No bufê, nada de pescados — aqui é o reino da carne e nenhum item deve competir com ela. O aparador traz complementos como endívias fresquinhas, palmitos macios e carnudos cogumelos. A pedidos, os garçons trazem polentinha dourada, batata rústica ao alecrim e banana frita. A privilegiada seleção de tintos e brancos, embora longe de ser barata, coloca a carta de vinhos entre as melhores da cidade. Algo incomum nesse tipo de estabelecimento, há sobremesas de primeira da doceria i Dolci. Reserve sua mesa: Jardins; Shopping Center Norte; Santo Amaro; Moema; Vila Olímpia.

Fonte: VEJA SÃO PAULO