Cultura

Dez motivos para comemorar o Ano-novo chinês

Por: Orlando Margarido - Atualizado em

1 - Os chineses celebram no próximo dia 18 o fim do ano 4703 (representado pelo cachorro) e o início de 4704 (a vez do porco). A coincidência com o Carnaval, no entanto, antecipou a festa organizada pela Jovem Câmara de Comércio Brasil-China, que toma as ruas da Liberdade no sábado (10), das 12h às 20h, e no domingo (11), das 11h às 20h.

2 - A primeira atração é a chegada do dragão, símbolo de sabedoria, e dos leões, considerados criaturas guardiãs. Depois de dançarem entre o público, os bonecos de fantasia sobem ao palco, na Praça da Liberdade.

3 - Uma monja budista e um pastor dão bênçãos para que 2007 em São Paulo seja um ano de fartura. Comerciantes costumam, então, distribuir verduras, sinônimo de abundância.

4 - Entre as danças milenares, teatro e pantomima, uma animada turma da terceira idade encena o espetáculo Lua Redonda, Flor Boa.

5 - Artes marciais, como o kung fu, não poderiam faltar. Para a turma zen foram programadas seqüências de tai chi chuan e qi gong, ou chi kung, que estimula a energia do corpo.

6 - Corais, bandas e uma curiosa apresentação de canções tradicionais apenas com saxofone integram o bloco musical. O cantor Anderson Deluque representa a união entre as culturas com um repertório de MPB.

7 - Exuberante e colorido, o vestuário chinês poderá ser apreciado num desfile de roupas típicas imperiais organizado pela Liga das Empresárias Chinesas.

8 - Professores ensinam as primeiras noções de mandarim, o idioma-padrão da língua chinesa. A aula de trinta minutos acontece nos dois dias na Associação Comercial (Rua Galvão Bueno, 83). Informações,

3211-1240.

9 - Que tal sair com as previsões para o ano no seu horóscopo chinês? Especialistas as fazem por um preço simbólico, juntamente com dicas de feng shui.

10 - Barracas na Rua Galvão Bueno oferecem quitutes já conhecidos do paulistano, como o rolinho primavera, ao lado de outros mais exóticos, a exemplo da torta de nabo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO