Cinema

Dez filmes imperdíveis do festival É Tudo Verdade

Cidade do Som, dirigido por Dave Grohl, e Quarto 237, sobre as muitas interpretações para o filme O Iluminado, estão entre os destaques do festival

Por: Tiago Faria - Atualizado em

Quarto 237
Quarto 237 (Foto: Divulgação)

A 18ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários exibe, a partir de sexta (5), 82 filmes em cinco salas da cidade. Em meio a tantas opções, uma pergunta será inevitável: que sessão escolher?

Na programação, algumas opções são mais badaladas, a exemplo do longa Cidade do Som, dirigido pelo roqueiro Dave Grohl, da banda Foo Fighters. A maioria, não muito. Para evitar sustos, veja abaixo uma seleção de dez promessas imperdíveis da seleção deste ano:

A ALMA DA GENTE, de Helena Solberg e David Meyer

A produção carioca, que participa da mostra competitiva, mostra a busca dos diretores por um grupo de adolescentes da Favela da Maré que, há muitos anos, participaram de um espetáculo de dança conduzido pelo coreógrafo Ivaldo Bertazzo. Domingo (7), Cine Livraria Cultura, 21h; segunda (8), Cine Livraria Cultura, 13h.

OS CAPITÃES, de William Shatner

O ator William Shatner, o primeiro capitão James Kirk da série Jornada nas Estrelas, entrevista os cinco atores que o sucederam no comando da nave Enterprise: Patrick Stewart, Chris Pine, Avery Brooks, Kate Mulgrew e Scott Bakula. Não se trata de um filme apenas para fãs de ficção científica: a fita mostra os bastidores de Hollywood com um olhar crítico. Sexta (5), Reserva Cultural, 22h; domingo (7), CCBB, 18h; domingo (14), Cine Livraria Cultura, 15h.

Filme 'Cidade do Som', É Tudo Verdade
Filme 'Cidade do Som', É Tudo Verdade (Foto: Divulgação)

CIDADE DO SOM, de Dave Grohl

Ex-baterista do Nirvana e atual guitarrista do Foo Fighters, Grohl conta a história de personagens que gravaram no estúdio Sound City, endereço de Los Angeles que entrou para a história do rock. Entre os convidados, John Fogerty (do Creedence Clearwater Revival), Frank Black (Pixies), Tom Petty e muitos outros. Sábado (6), Reserva Cultural, 23h59; segunda (8), Reserva Cultural, 14h.

FANNY, ALEXANDER E EU, de Stig Björkman

Para celebrar os 30 anos do filme Fanny & Alexander, de Ingmar Bergman, o crítico e cineasta sueco Björkman entrevista atores escandinavos importantes, que discutem o legado da obra do sueco, uma das mais cultuadas de sua filmografia. Sábado (6), Cine Livraria Cultura, 17h; domingo (7), Reserva Cultural, 14h.

O HOMEM COM A CÂMERA - Dziga Vertov - É Tudo Verdade 2013
'O Homem com a Câmera': (Foto: Austrian Film Museum)

O HOMEM DA CÂMERA DE FILMAR, de Dziga Vertov

Um dos destaques da retrospectiva de Vertov, um dos principais nomes do cinema soviético e um dos pais do documentário, o longa de 1928 é um ensaio sobre um dia na vida de uma metrópole. Em 2012, o filme ficou em oitavo lugar no levantamento da revista de cinema Sight & Sound sobre os melhores filmes de todos os tempos. Quinta (11), CCBB, 20h; sábado (13), Cinemateca, 20h.

JANGO, de Silvio Tendler

Um dos melhores documentários sobre a ditadura militar no Brasil reconstitui a vida política do Brasil nos anos 1960 a partir da trajetória do presidente João Goulart (1919-1976). Em 2014, o golpe completará 50 anos. Sábado (6), CCBB, 18h; quarta (10), Cinemateca, 18h; sexta (13), CCBB, 14h.

PHILIP ROTH, SEM COMPLEXOS, de William Karel e Lívia Marena

Pouco antes do lançamento do romance Nêmesis, em 2010, o escritor norte-americano abre as portes de seu apartamento para falar sobre o seu processo criativo, seus personagens e livros. Sábado (6), Reserva Cultural, 22h; terça (9), Reserva Cultural, 14h.

PRIMO DE SEGUNDO GRAU, de Alan Berliner

O cineasta, um dos documentaristas mais elogiados do momento, conta a história de seu primo, o poeta e tradutor Edwin Honig (1919-2011), que lutou por anos contra os efeitos do mal de Alzheimer. Além de narrar a trajetória de seu mentor, Berliner reflete sobre a importância da memória. Segunda (8), Cine Livraria Cultura, 19h; terça (9), Reserva Cultural, 22h.

QUARTO 237, de Roy Ascher

Um dos filmes mais aguardados do festival faz uma compilação das muitas lendas e interpretações em torno do filme O Iluminado, de Stanley Kubrick (1928-1999). Especialistas e admiradores tentam decifrar a suposta simbologia do longa-metragem. Domingo (7), Cine Livraria Cultura, 19h; domingo (14), Cine Livraria Cultura, 21h.

Filme 'Polvo Paul' - É Tudo Verdade
Filme 'Polvo Paul' - É Tudo Verdade (Foto: Divulgação)

A VIDA E OS TEMPOS DE PAUL, O POLVO VIDENTE, de Alexandre O. Philippe

Um dos astros da Copa do Mundo de 2010 foi um... polvo. Paul, que vivia no Aquário Marinho de Oberhausen, na Alemanha, tornou-se uma celebridade. Muitos acreditavam que ele era capaz de adivinhar o resultado dos jogos. O filme conta essa história e questiona a transformação do bicho em ídolo. Terça (9), Reserva Cultural, 20h; quinta (11), CCBB, 14h.

+ Leia a programação completa do festival É Tudo Verdade

Fonte: VEJA SÃO PAULO