Na rota da marvada

Dez bares para pedir cachaça

Do Jaguaré ao Jaçanã, um roteiro com casas especializadas na bebida

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Bares para tomar cachaça
Bares para tomar cachaça (Foto: Divulgação)

Nesta terça (13) é comemorado o Dia Nacional da Cachaça. Feita a partir do caldo de cana fermentado e destilado, a bebida está presente em diversos cardápios da cidade. Para brindar a data, apresentamos abaixo uma lista com dez casas especializadas na caninha.

Mapa da Cachaça mostra onde beber uma boa pinga

  • Bares variados

    Bar do Arnesto

    Rua Ministro Jesuíno Cardoso, 207, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3848 9432 ou (11) 3848 6041

    VejaSP
    2 avaliações

    É na happy hour que o ambiente começa a ficar animado. Seja no salão com cara de antigo, seja nas mesas junto à calçada, o pessoal curte um sambinha e entorna garrafas de cerveja. Dá para pinçar uma importada como a alemã Franziskaner (R$ 17,00) em meio às triviais Bohemia e Serramalte (R$ 13,50 cada uma). Há também muitas cachaças — o pessoal lá jura que são aproximadamente 500 delas — e algumas comidinhas gostosas. Dois exemplos? O croquete da vó Méia (R$ 26,00, seis unidades) e o bolinho de costela com molho barbecue (R$ 28,00, seis unidades).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    BarBirô

    Rua Vergueiro, 1889, Vila Mariana

    Tel: (11) 5081 4040

    VejaSP
    13 avaliações

    Com jeito de armazém antigo, o endereço dividido em dois salões é todo decorado com recortes de imagens da cidade mineira de Cristina, onde nasceu a proprietária Fatima Kauage. De lá vem uma apetitosa linguiça artesanal (R$ 37,90 a porção), frita até ficar pururuca. Sucesso local, o pastel de feijoada (R$ 24,90 a porção de dez unidades e R$ 34,90 a de oito) chega acompanhado por um punhado de torresmo. Um dos petiscos da carta, o pastel de rabada (R$ 34,90, oito unidades), feito com massa de polenta, traz recheio sem graça da carne em pedaços miudinhos mais agrião. Para beber, há cervejas em garrafa (Brahma e Skol, R$ 9,80; Original, Bohemia e Serramalte, R$ 10,30; Heineken, R$ 12.00) e uma caipirinha muito forte preparada com cachaça Nega Fulô (R$ 24,90). Atenção: de quarta a sábado, rolam apresentações de pop rock e MPB em um dos salões, que tem acústica ruim.

     

    Preços checados em setembro/outubro de 2014.

    Saiba mais
  • Cachaçarias

    Água Doce Cachaçaria - Vila Madalena

    Rua Aspicuelta, 444, Vila Madalena

    Tel: (11) 3031 7363

    1 avaliação
  • Cachaçarias

    Água Doce Cachaçaria - São Bernardo do Campo

    Avenida Das Nações Unidas, 206, Jardim Do Mar

    Tel: (11) 4124 6003

    Sem avaliação
  • Cachaçarias

    Água Doce Cachaçaria - Moema

    Avenida Macuco, 655, Indianópolis

    Tel: (11) 5056 1615

    Sem avaliação

    Com quase 100 unidades espalhadas pelo país, a rede de cachaçarias nascida em Tupã, no interior do estado, chegou à cidade dois anos atrás. Em seu ambiente de jeitão caipira, reúnem-se muitas turmas de amigos. Constam do cardápio cerca de 300 rótulos de aguardente. O farto escondidinho (carne-seca desfiada coberta com purê de mandioca, catupiry e mussarela gratinados dá para até três pessoas) é o carro-chefe da cozinha. De quinta a sábado, MPB no formato voz e violão.

    Saiba mais
  • Bom e barato / Brasileiros

    Mocotó

    Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100, Vila Medeiros

    Tel: (11) 2951 3056

    VejaSP
    36 avaliações

    Quem sente saudade dos preços de antigamente pode se assustar ao consultar o cardápio atual do chef Rodrigo Oliveira. Quando foi eleito o melhor bom e barato pela primeira vez, em 2008, o restaurante cobrava só R$ 16,90 pela carne de sol com pimenta-biquinho. Hoje, são R$ 49,90. O reajuste acompanhou a badalação crescente em torno do endereço na Vila Medeiros, é verdade, mas os novos valores ainda não chegam ao patamar dos praticados pelos concorrentes. Resultado? A casa volta ao pódio neste ano com o melhor custo-benefício da cidade. Conselho amigo: como os pratos são fartos e vai dar vontade de provar tudo, programe a visita com um grupo grande, compartilhe as receitas e rache a conta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Filial

    Rua Fidalga, 254, Vila Madalena

    Tel: (11) 3813 9226

    VejaSP
    6 avaliações

    Foi o primeiro endereço (ainda em atividade) inaugurado pelos irmãos Altman na Vila Madalena. A cozinha segue até as 3h30 às sextas e aos sábados, o que fez com que a casa ganhasse status de bar de fim de noite. O salão, com jeito de boteco antigo, fecha mais tarde ainda. Os garçons, espertos, ficam de olho nas mesas e repõem rapidamente (até demais) o bem tirado chope Brahma (R$ 7,90). Há também cerca de cinquenta rótulos de cachaça. A linguiça toscana na chapa chega junto de farofinha e couve frita (R$ 34,50).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Terra Nova Cachaçaria

    Rua Maria Amália Lopes Azevedo, 550, Tremembé

    Tel: (11) 2996 7000

    VejaSP
    2 avaliações

    Heinz Schmitz põe seu bar na rota da boa botecagem com uma parruda seleção de cachaças. São paulistas, mineiras, cearenses,cariocas e catarinenses, que totalizam maisde 300 rótulos — experimente a dose da Lúcia Veríssimo (R$ 9,00) ou da Milagrede Minas (R$ 10,00), ambas provenientes de Ouro Preto (MG). Para tabelar com elas, ou então com uma cervejinha, dá para pedir uma picanha fatiada, acompanhada de alho frito, pão francês e saladinha (R$ 95,00). Somente às quintas, o proprietário serve também receitas alemãs, como joelho de porco e kassler (R$ 65,00 e R$ 45,00, respectivamente).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Paralelo 12:27

    Rua Joaquim Távora, 1227, Vila Mariana

    Tel: (11) 5579 1227

    1 avaliação

    Um dos endereços responsáveis pelo intenso burburinho neste quarteirão da Rua Joaquim Távora, tem como principal chamariz a varanda da entrada, com vista para o movimento da rua. Pode-se beber ali o bom chope da fábrica catarinense Eisenbahn, nas versões claro e de trigo. Outra boa escolha recai sobre a cerveja Colorado Indica, de Ribeirão Preto (SP). Petiscos triviais compõem o cardápio, entre eles canapé de carpaccio, polenta frita e escondidinho de carne-seca.

    Saiba mais
  • Botecos

    Recanto Nordestino - Bar dos Cornos

    Avenida General Mac Arthur, 865, Vila Lageado

    Tel: (11) 3766 2969

    Sem avaliação
  • Rose Velt

    Praça Franklin Roosevelt, 124, Consolação

    2 avaliações
  • Bares variados

    Zeppelin Madalena

    Rua Aspicuelta, 524, Pinheiros

    2 avaliações

Fonte: VEJA SÃO PAULO