Passeios

Bienal do Livro: dez programas que valem a pena

Entre as atrações destacamos sessões de autógrafo, encontros musicais e debates de poesia

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Bienal Internacional do Livro de São Paulo: evento promove 23ª edição neste ano (foto de 2012) (Foto: Divulgação)

Não é só de obras literárias que se faz a Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Quem comparecer à 23ª edição da feira, que tem início nesta sexta (22) no Pavilhão do Anhembi, poderá curtir a variada programação cultural que faz parte do evento. Destacamos a seguir sessões de autógrafo, debates políticos e até encontros musicais.

 

Encontro com Mauricio de Sousa. Sábados (23 e 30), 11h às 13h. Editora Melhoramentos.

Um dos mais famosos cartunistas do Brasil, criador da Turma da Mônica e membro da Academia Brasileira de Letras, Mauricio de Sousa encontra-se com os fãs para autografar seu mais recente lançamento, O Brasil no Papel em Poesia de Cordel.

Os Mistérios da Ficção Policial, com Harlan Coben. Sábado (23), 10h30. Arena Cultural.

Mestre dos livros de mistério, o escritor americano Harlan Coben fala sobre o sucesso mundial desse tipo de romance. Com obras traduzidas em 41 idiomas, destaca-se o romance Não Conte a Ninguém, transformado em filme homônimo, estrelado por Kristin Scott Thomas e François Cluzet.

Sessão de autógrafos com Ziraldo. Sábados (23 e 30), domingos (24 e 31), 15h30. Editora Melhoramentos

Criador do famoso personagem Menino Maluquinho, Ziraldo lança e autografa seu novo livro Um Menino Chamado Raddysson e Mais Os Meninos de Portinari.

Ziraldo e Eva Funari ganham tributos
O cartunista Ziraldo, que fala com o público neste sábado (23) (Foto: Veja São Paulo)

Encontro com Palmirinha: 1.000 Receitas. Sábado (23), 19h30. Cozinhando com Palavras. Retirar ingresso gratuito com 30 minutos de antecedência.

Há mais de vinte anos, Palmirinha Onofre cativa milhões de fãs com suas receitas na televisão. Atualmente, ela apresenta o Programa da Palmirinha, no canal Bem Simples, da Fox. Além de vários livros de receita, ela também escreveu o autobiográfico A Receita da Minha Vida.

Palmirinha a pleno vapor
A cozinheira Palmirinha, que lança livro de receitas durante o evento (Foto: Veja São Paulo)

O Universo Fantástico da Leitura, com Cassandra Clare. Domingo (24), 14h. Arena Cultural.

A escritora é um fenômeno entre o público jovem e autora da série Os Instrumentos Mortais. Também ficou conhecida por escrever fanfics (fã de ficção, em português) de Harry Potter. No encontro, ela fala sobre o universo fantástico que podemos descobrir ao abrir um livro.

Debate sobre Protestos: A Urgência das Ruas. Segunda (25), 16h. Salão de Ideias. Retirar ingresso gratuito com 30 minutos de antecedência.

Com foco nas manifestações ocorridas no Brasil desde junho de 2013, o debate gira em torno dos movimentos sociais e dos interesses de distintos grupos. Participam o cientista político canadense Francis Dupuis-Déri, autor de Black Blocs, da Editora Veneta, e o filósofo Pablo Ortellado, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP. O jornalista e cientista político Bruno Paes Manso faz a mediação.

Encontros Poéticos, com Alice Ruiz e Estrela Ruiz Leminski. Terça (26), 18h. Estande das Edições Sesc São Paulo.

Mãe e filha, as poetas Alice Ruiz e Estrela Ruiz Leminski (filha de Paulo Leminski) conversam sobre as influências, afinidades e diferenças poéticas e geracionais. A mediação fica por conta de José Carlos Ferrigno, autor dos livros Coeducação Entre Gerações e Conflito e Cooperação entre Gerações.

Intervenção Sonora: Jazz - História e Música. Sexta (29), às 20h. Estande das Edições Sesc São Paulo.

Os músicos Arismar do Espírito Santo e Leia Freire falarão sobre o jazz e também farão intervenções musicais, acompanhados do crítico Carlos Calado, autor de O Livro do Jazz – de Nova Orleans ao Século XXI, lançamento das Edições Sesc São Paulo.

Sebastião Salgado: Diálogos sobre Fotografia e Outras Narrativas. Sábado (30), às 20h. Salão de Ideias. Retirar ingresso gratuito com 30 minutos de antecedência.

O fotógrafo Sebastião Salgado consagrou-se por retratar a vida humana, em famosos ensaios como Trabalhadores  (1986-1992), Êxodos  (1994-1999) e Genesis (2004-2011). Em encontro na Bienal, ele fala sobre cultura, literatura e sobre a sua trajetória pelo mundo. A mediação é do português José Luiz Peixoto, autor de romances, contos, poemas e peças de teatro.

Sebastião Salgado - Genesis
O fotógrafo Sebastião Salgado fala sobre suas aventuras ao redor do mundo (Foto: Divulgação)

Intervenção Poética/Literária: Correio do Tempo, Cartas de Gabriel Garcia Márquez. Sábado (30), às 18h. Estande das Edições Sesc São Paulo.

Com roupas de antigos carteiros, os atores Mônica Raphael e Aro Ribeiro, do grupo Theatro do Tempo, levam cartas e mensagens poéticas ao público, com trechos da obra do escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez.

Fonte: VEJA SÃO PAULO