Circuito alternativo

Confira os destaques do dia nas mostras da cidade

Fitas cult dos diretores John Carpenter e Joaquim Pedro de Andrade são as opções desta terça (9)

Por: Tiago Faria - Atualizado em

Joe Papp em Cinco Atos
O documentário 'Joe Papp em Cinco Atos': exibido no Festival do Rio (Foto: Divulgação)

A pouco mais de uma semana do início da 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (clique aqui para ver os destaques da programação), o circuito alternativo da cidade oferece poucos títulos recentes para os cinéfilos. As novidades ficam concentradas no Doc.Sesc, que traz uma curiosa seleção de documentários exibidos no Festival do Rio. Já as retrospectivas dos diretores John Carpenter e Joaquim Pedro de Andrade reúnem produções que se tornaram cult. Abaixo, confira quatro boas pedidas para esta terça (9):

O Padre e a Moça
'O Padre e a Moça', de Joaquim Pedro de Andrade: clássico nacional (Foto: Divulgação)

O Padre e a Moça, de Joaquim Pedro de Andrade (1965)

Em seu primeiro longa de ficção, o diretor de Macunaíma se inspirou em um poema de Carlos Drummond de Andrade para narrar a história da paixão entre um padre (Paulo José) e uma bela jovem (Helena Ignez), moradores de uma cidadezinha mineira. A bela fotografia em preto e branco de Mário Carneiro foi premiada no Festival de Brasília. É menos delirante que os filmes posteriores do cineasta, mas já carregado de lirismo. Cine Olido, 15h, na Retrospectiva Joaquim Pedro de Andrade.

Os Aventureiros do Bairro Proibido
'Os Aventureiros do Bairro Proibido', de John Carpenter: clima de 'Sessão da Tarde' (Foto: Divulgação)

Os Aventureiros do Bairro Proibido, de John Carpenter (1986)

Uma das produções mais leves e divertidas do diretor, um especialista em fitas de horror e fantasia, a fita de aventura marcou as matinês dos anos 80. Na trama, um caminhoneiro interpretado por Kurt Russell junta-se a um amigo para resgatar a namorada, sequestrada por uma gangue asiática. Em Chinatown, eles vão encontrar um ambiente de feitiços e outras estranhezas sobrenaturais. CineSesc, 16h30, na Retrospectiva John Carpenter.

Joe Papp em Cinco Atos, de Tracie Holder e Karen Thorsen (2010)

Com participações de Meryl Streep, Kevin Kline e Martin Sheen, o filme visita a intimidade do homem de teatro Joe Papp, que lançou os musicais Hair e A Chorus Line. Entrevistas sobre o seu legado são aliadas a revelações sobre o passado enevoado do produtor, que escondeu por boa parte de sua vida as suas raízes judias. CineSesc, 19h, no Doc.Sesc.

'M, o Vampiro de Dusseldorf'
'M, o Vampiro de Dusseldorf': obra-prima do cinema de horror (Foto: Divulgação)

M, o Vampiro de Dusseldorf, de Fritz Lang (1931)

Um dos maiores clássicos do cinema de horror, o filme alemão antecipou a atmosfera dos filmes noir e dos thrillers de serial killer. Na trama, policiais e bandidos perseguem um misterioso matador de crianças em Berlim. Cinusp, 19h, na mostra Monstrumanidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO