Shows

Aerosmith deixa os desentendimentos de lado e volta a São Paulo

Na última vez em que passou por aqui, os integrantes da banda mal se falavam

Por: Carol Pascoal

Aerosmith - Edição 2240 - 43
Brad Whitford, Tom Hamilton, Steven Tyler, Joe Perry e Joey Kramer: vocalista em alta (Foto: Divulgação)

Na última vez que passou por aqui, em maio de 2010, o Aerosmith encontrava-se em circunstâncias bem diferentes. Nos bastidores, os integrantes mal se falavam e divergiam a respeito dos excessos (ou seria dos vícios?) do vocalista Steven Tyler. No palco, porém, não houve desentendimentos: o quinteto mostrou uma sintonia que conseguiu resistir aos mais de quarenta anos de carreira.

+ Maratona de tiozão: shows para quem gosta de hits do século passado

+ 50 programas para agitar o seu fim de semana

Mesmo com boas apresentações, novas decisões do cantor voltaram a tumultuar o relacionamento dele com Tom Hamilton (baixo), Joey Kramer (bateria), Brad Whitford (guitarra) e, principalmente, com o seu “gêmeo tóxico” Joe Perry (guitarra). Ao aceitar ser jurado do "American Idol", um dos programas de calouros de maior audiência da televisão americana, Tyler teve a sua posição ameaçada pelos companheiros.

+ Monte seu roteiro da Mostra de Cinema

A imagem do cantor veiculada em excesso e o lançamento da autobiografia "O Barulho na Minha Cabeça Te Incomoda?", no entanto, revelaram-se benéficos. Em média, as vendas de coletâneas do Aerosmith subiram 260% e mudaram o discurso do grupo. “Ficamos no centro das atenções, mas isso afastou Steven por quase um ano”, disse a VEJA SÃO PAULO o baixista Tom Hamilton. Em alta, a banda entrou em estúdio e deve lançar um disco em março de 2012 — o último de inéditas, "Just Push Play", é de 2001. A turnê que passa pela cidade vem no embalo deste bom momento, porém sem novidades. Serão tocados apenas os clássicos, como "Dream On" e "Jaded". “Se a gente mostrar alguma música nova, colocam no YouTube na mesma noite”, diverte-se Hamilton.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO