Diplomacia

Depois de vinte dias detida nos Estados Unidos, modelo chega à capital

Lilliana Matte foi levada para um abrigo para menores refugiados em Chicago

Por: Veja São Paulo

Liliana Matte
Modelo desembarcou no Aeroporto de Guarulho na madrugada deste sábado. (Foto: Reprodução/Facebook)

A modelo e estudante Lilliana Matte, de 17 anos, atual Miss Brasil Model 2015, que ficou detida nos Estados Unidos por quase vinte dias, desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na madrugada deste sábado (10).

+ Confira as últimas notícias da capital

A miss estava de férias com amigos e havia sido barrada no setor de imigração do Aeroporto Opa Locka Executive, de Miami, na Flórida, no dia 22 de agosto. Ela ficou detida no aeroporto até o dia 24 e em seguida foi levada para um abrigo para menores refugiados em Chicago, no estado de Illinois, a mais de 2 000 quilômetros de distância de onde aterrisou. De acordo com a família, ela estava com com toda a documentação em dia e foi detida sem que as autoridades americanas disessem oficialmente o motivo.

"Só posso agradecer pelas orações e força que me deram. Foram duas semanas, assim, horríveis. Agora estou muito feliz de ter voltado a meu país e estar livre”, disse Lilliana aos jornalistas no Brasil.

A adolescente passou a usar uniforme e não tinha acesso a seus pertences. Anaíse acha que a filha foi detida porque chamou a atenção no aeroporto americano por tirar uma selfie em uma área restrita. A mãe contou que soube da situação da filha no dia 23 do mês passado.

Anaíse Matte, a mãe da modelo, que acompanhou a filha no retorno ao Brasil, tinha embarcado de Roraima, onde a família mora, rumo aos EUA, no último dia 29, para tentar a liberdade da filha. Lilliana deveria retornar ao Brasil no dia 1º de setembro, para participar do Miss Brasil Model 2016, que será realizado neste mês, quando a jovem deveria passar a faixa de miss para a campeã do concurso deste ano.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO