bares

Delirium Café já tem data para abrir em São Paulo

Ainda em testes, unidade da cervejaria belga será inaugurada no dia 25 de setembro em Pinheiros

Por: Saulo Yassuda - Atualizado em

delirum café - são paulo
Espaço do Delirium Café, em São Paulo, ainda em obras (Foto: Reprodução/Facebook)

A unidade paulistana do Delirium Café, bar da cervejaria belga com base em Bruxelas, já tem data para começar a funcionar. O endereço está programado para abrir as portas no dia 25 de setembro na Rua Ferreira de Araújo, 589, em Pinheiros.

+ Bar dentro de universidade vende boas cervejas a preços mais baratos

A casa começa operando na surdina, ainda em testes, sem todos os produtos disponíveis. Quem revelou a data para VEJA SÃO PAULO foi um dos sócios do bar, Paulo Almeida, que também comanda o vizinho Empório Alto dos Pinheiros.

Delirium Café - Rio
Salão do Delirium Café, no Rio (Foto: Fernando Frazao/VEJA RIO)

Seguindo o padrão da cervejaria europeia, pôsteres de propagandas de bebida e desenhos de um elefante cor-de-rosa --símbolo da marca-- vão decorar o espaço. O bar ocupa um imóvel ao lado do restaurante Chácara Santa Cecília

O balcão enfileira 24 torneiras de chope, metade delas engatada em barris de bebidas importadas da Bélgica. Não vão faltar o clássico da marca, Delirium Tremens, uma golden strong ale, e a Chimay Tripel. Entre as opções nacionais vai figurar a Gordelicia, da Urbana. 

O sócio não forneceu os preços, mas em sua casa número um o copo de 250 mililitros da Delirium Tremens sai a R$ 18,00.

Delirium Café - São Paulo
Torneiras de chope do bar Delirium Café, ainda em obras, em São Paulo (Foto: Reprodução/Facebookj)

A carta de engarrafadas contempla mais de 300 rótulos, também de maioria belga, mas diferentes escolas cervejeiras serão contempladas. Seguindo a temática, o cardápio de comidinhas traz fritas, mexilhões e waffle, entre outros quitutes. 

Nos fins de semana, a ideia é funcionar até as 4h da madrugada, para que o estabelecimento seja "um lugar para o pessoal vir quando os outros bares fecharem".  Um palquinho no salão está reservado para apresentações musicais. 

Desde 2010, uma unidade da cervejaria funciona no Rio de Janeiro, a primeira filial americana da marca de Bruxelas. Na edição especial de "Comer & Beber", o bar venceu como detentor da melhor carta de cervejas daquela cidade.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO