Lançamentos

Modelos que foram destaque na Alemanha chegam ao mercado brasileiro

País ganha visibilidade e chama a atenção das grandes montadoras

Por: Marcos Lauro

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Após ultrapassar a Alemanha e fechar o ano de 2010 como o quarto maior mercado de veículos do mundo, segundo dados da consultoria inglesa JATO Dynamics, o Brasil passou a chamar mais a atenção das grandes montadoras. Essa visibilidade tem se refletido na velocidade com que as novidades das marcas aportam por aqui. Duas das atrações do último Salão de Frankfurt, realizado em setembro na Alemanha, já desfilam pelas ruas de São Paulo: o Chevrolet Cruze e o Hyundai Veloster. Outros destaques da 64ª edição da feira — realizada a cada dois anos e considerada um dos maiores eventos automobilísticos do planeta —, como o Classe B da Mercedes-Benz, estão programados para desembarcar em 2012 na cidade.

+ Os paulistanos que fazem as vendas de importados bater recordes por aqui

+ São Paulo: a cidade do motor

 

BMW Série 1

O Brasil recebe a segunda geração do Série 1 logo no primeiro semestre de 2012. Os alemães aproveitaram o salão em casa para apresentar as versões Urban e Sport deste veículo, que terá inúmeros itens: controle de estabilidade, distribuição de frenagem (e controle da frenagem em curvas), sistema de estacionamento automático e até identificação de placas de trânsito.

BMW Série 1
BMW Série 1 (Foto: Divulgação)

Motor: 1.6 turbo

Câmbio: 6 marchas (manual) ou 8 marchas (automático)

Velocidade máxima: 250 km/h

Preço: 92.000 reais (modelo 118i Sport)

MINI Cooper Coupé

A marca do grupo BMW chegou ao nosso mercado em 2009 e conquistou o consumidor. Não é raro ver os MINI, com suas pinturas chamativas — como a bandeira da Inglaterra nos retrovisores ou faixas horizontais sobre o capô —, circulando por São Paulo. Para 2012, a novidade é a gama de modelos Coupé, que até o ano passado integravam a relação de carros-conceito. Aqui, a pré-venda já está a todo o vapor, e o lançamento deve acompanhar o aumento do número de pontos de venda da marca no país: de quinze para dezoito. Além do MINI Cooper Coupé, chegam ao mercado local o SD Coupé, o S Coupé e o John Cooper Works Coupé.

MINI
MINI (Foto: Divulgação)

Motor: 1.6

Câmbio: 6 marchas (manual ou automático)

Velocidade máxima: 204 km/h

Preço: a partir de 160.000 reais

 

+ Veja galeria com destaques que ainda não têm prazo para chegar

 

Mercedes-Benz Classe B

Maior e mais robusto do que o Classe A, o B começou a circular pelas ruas europeias em novembro. Sua chegada ao Brasil está prevista para outubro de 2012. O modelo traz um item extra para prevenção de acidentes: o Collision Prevention Assist, que alerta o motorista sobre a iminência de uma batida.

Mercedes-Benz Classe B
Mercedes-Benz Classe B (Foto: Divulgação)

Motor: 1.5

Câmbio: 5 marchas (manual)

Velocidade máxima: 174 km/h

Preço: 55.000 reais no mercado europeu (modelo B160)

Hyundai i30

Conhecido nas ruas brasileiras — foram mais de 3.000 emplacamentos de novas unidades por mês em 2011 —, o Hyundai i30 passará por uma reformulação no visual para reestrear no mercado. Na Europa, ele chega logo no primeiro trimestre de 2012. Já no Brasil, a previsão é para o segundo semestre, com seis opções de motorização (sendo três modelos a gasolina e três a diesel).

Hyundai i30
Hyundai i30 (Foto: Divulgação)

Motor: 1.6

Câmbio: 6 marchas (manual ou automático)

Velocidade máxima e preço: ainda não foram divulgados pela montadora

Toyota Prius

A intenção existe há um certo tempo: desde 2009, pipocam notícias sobre a vinda do Prius para o Brasil. Queridinho dos japoneses e sucesso entre os americanos, o híbrido está previsto para chegar ao país entre outubro e novembro de 2012 — já há poucas unidades importadas de forma particular rodando por aí. O entrave que está sendo resolvido: nossa gasolina é misturada a etanol, e o motor do veículo pede uma gasolina com maior octanagem (mais pura).

Toyota Prius
Toyota Prius (Foto: Divulgação)

Motor: 1.8 a gasolina e elétrico de 36 cavalos

Câmbio: CVT (transmissão continuamente variável)

Velocidade máxima: 204 km/h

Preço: a partir de 40.000 reais no mercado americano

Hyundai Veloster

Lançado no começo do ano no Salão de Detroit, o esportivo sul-coreano teve a venda antecipada nas lojas brasileiras da marca e já está sendo visto pelas ruas.

Hyundai Veloster
Hyundai Veloster (Foto: Divulgação)

Motor: 1.6

Câmbio: 6 marchas (manual ou automático)

Velocidade máxima: 201 km/h

Preço: a partir de 68.700 reais

Chevrolet Cruze

O Cruze — que teve suas primeiras entregas já em setembro — enfrenta a difícil missão de substituir o Vectra e recolocar a Chevrolet no topo do mercado de sedãs. O carro é produzido no Brasil, mas o projeto é global e se diferencia do modelo europeu pela suspensão (aqui, mais leve) e pelo motor (bicombustível).

Chevrolet Cruze
Chevrolet Cruze (Foto: Divulgação)

Motor: 1.8

Câmbio: 5 marchas (manual) ou 6 marchas (automático)

Velocidade máxima: 204 km/h

Preço: a partir de 67.900 reais

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO