Gente

José Luiz Datena: a volta do que (praticamente) não foi

O apresentador não aguentou e, depois de alguns dias na Record, voltou para a Band

Por: Alvaro Leme, Leonam Bernardo e Ricky Hiraoka

Paulistanos de 2011 - Datena
Datena: da Band para a Record, da Record para a Band (Foto: Mario Rodrigues)

Durou apenas 43 dias a volta de José Luiz Datena para a Record, emissora que o consagrou no fim dos anos 90, quando comandava o policialesco "Cidade Alerta". O grande atrativo para que o apresentador largasse a Band era o perdão da multa de 20 milhões de reais que ele tinha na antiga casa por ter quebrado um contrato. A estreia de Datena na TV do bispo Edir Macedo alcançou picos de 16 pontos de audiência.

+ Conheça os paulistanos que deram o que falar em 2011

+ Furos e caneladas de Datena

+ Datena é um dos mais bem remunerados da televisão

Apesar do ibope, o apresentador ficou irritado com as mudanças de horário do programa e com os pedidos da alta cúpula da emissora, que solicitou que ele não concedesse mais entrevistas. Nem o salário de 1,35 milhão de reais foi capaz de segurá-lo.

Datena voltou para a Band e ainda está processando a emissora da Barra Funda por ter sofrido o que classifica como “efetiva obstaculização da livre manifestação de pensamento”, motivo pelo qual agora é ele quem cobra 20 milhões de reais da Record. Não bastasse esse troca-troca de canal, o homem ainda teria sido sondado para concorrer à prefeitura de São Paulo pelo PSD de Gilberto Kassab. Ninguém merece.

Fonte: VEJA SÃO PAULO