Show

Dan Nakagawa

Dan Nakagawa grava DVD com a participação do ídolo Ney Matogrosso

Por: PEDRO IVO DUBRA - Atualizado em

Dan Nakagawa e Ney matogrosso
Os cantores em cena: músicas de Dan, Novos Baianos, Caetano e Secos & Molhados (Foto: Divulgação)

O cantor, compositor e ator paulistano Dan Nakagawa, de 34 anos, não tem memória infantil de Ney Matogrosso na TV. Só reparou mesmo no astro quando era adolescente. “Secos & Molhados foi para mim a melhor banda de rock que já existiu”, diz. O tempo passou e Dan se iniciou na música e no teatro. Por meio de um amigo em comum, enviou seu álbum de estreia, O Primeiro Círculo (2006), para o ídolo. “Depois de três meses ele me telefonou dizendo que havia gostado.” Ney acabou gravando a canção Um Pouco de Calor no álbum Inclassifi cáveis (2008) e os dois se aproximaram. No último réveillon, o afi lhado sugeriu ao padrinho que fi zessem um show e ele topou na hora. “Estava tenso, afinal Ney nunca tinha me visto cantar ao vivo.” A apresentação foiem abril no Teatro Oficina, deu tudo certo e a dupla quis mais. Agora, Dan Nakagawa e Ney Matogrosso gravam um DVD ao lado de um quinteto.

O repertório está centrado em composições de O Primeiro Círculo e em faixas de O Oposto de Dizer Adeus, segundo CD de Dan, a ser lançado também em 2010. Vão pintar ainda releituras de Dê um Rolê, dos Novos Baianos, e Tropicália, de Caetano Veloso. “Sou meio ripongo, minhas referências são dos anos 70”, afi rma Dan. Ney canta três temas, incluindo um de seus tempos de Secos & Molhados. Mas não sai de cena depois de colaborar. “Ele prometeu comparecer com um fi gurino ‘cavaleiro negro’. Não sei o que é isso, mas também não quis perguntar para não estragar a surpresa.”

Dan Nakagawa e Ney Matogrosso. 18 anos. Studio SP (500 pessoas). Rua Augusta, 591, Consolação, ☎ 3129-7040. Quinta (17), 23h. R$ 30,00. Estac. (R$ 15,00).

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO