Bares

D4 Boteco Galeria oferece bebidas, petiscos, dança e até obras de arte

Com obras à venda, a casa oferece de tudo um pouco na Rua da Consolação

Por: Fabio Wright - Atualizado em

D4 Boteco Galeria - bares - 2284
Ambiente com mesas do térreo: espaço colorido e alternativo (Foto: Mario Rodrigues)

Inaugurado três semanas atrás nos Jardins, o D4 Boteco Galeria é exatamente o que seu nome sugere — um espaço para beber e petiscar cercado de intervenções artísticas. Na Rua da Consolação, próximo à Oscar Freire, o colorido e alternativo ambiente combina mesas de madeira, típicas de botequim, com trabalhos de arte urbana, que podem ser vistos nas paredes e até no chão grafitado. Repare, no teto, nas caricaturas das quatro mulheres sócias, entre elas a apresentadora Maria João Abujamra, ex-repórter do Programa Amaury Jr. Com o avançar das horas, as atenções se voltam para o piso superior, onde há uma pista de dança (funk, soul, nu jazz e electro rock), aberta de quinta a domingo.

+ Partisans ocupa um salão abaixo do nível da calçada

D4 Boteco Galeria - bares - 2284 - buraquinho quente
A porção buraquinho quente: R$ 35,00 (Foto: Mario Rodrigues)

Para bebericar, escolha entre o chope Stella Artois (R$ 10,00), cervejas como a belga Leffe (R$ 17,00) e um dos dezenove drinques — nem todos, porém, possuem receitas interessantes. Um dos acertos, o miles davis (R$ 22,00, na taça de martíni) mostra-se uma refrescante mistura de vodca, limão-taiti, xarope de capim-limão e um toque de espumante. Na parte de comidinhas, percebe-se o esforço para fugir do óbvio. Vale provar o rolinho primavera de tamanho míni recheado de cream cheese e damasco (R$ 31,00 a porção). Ainda melhor é o buraquinho quente (R$ 35,00; cinco unidades). Traz carne de panela desfiada, bem saborosa, dentro de pequenas carolinas.

Todas as obras expostas ali estão à venda, caso da caveira feita com peças de Lego (do artista plástico Alê Jordão), por 80.000 reais.

Bebidas ✪✪ | ambiente ✪✪✪ | cozinha ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO