Bares

D'artur muda de endereço

Casa sai de Pinheiros e ressurge mais charmosa e atraente na Vila Madalena

Por: Fabio Wright - Atualizado em

D'Artur - 2249 - Bares
O ambiente do piso superior, com o palquinho ao fundo: clima de casa (Foto: Fernando Moraes)

No fim de agosto, o simpático D’artur, inaugurado em 2009, foi obrigado a deixar a Rua Artur de Azevedo, em Pinheiros. Juntamente com outros imóveis, o ponto seria posto abaixo para dar lugar a espigão comercial.

Após permanecer três meses fechado, o bar ressurgiu — maior, mais charmoso e mais bem localizado. Transferiu-se para a Vila Madalena, na Rua Rodésia, na vizinhança do boteco Mercearia São Pedro. A troca de sede, felizmente, não alterou seu estilo. Manteve-se a decoração com jeito de casa, com móveis e objetos antigos, flores e velas nas mesas e, nas paredes, pôsteres de cinema e de peças de teatro, como "Macunaíma", "Ópera do Malandro" e "Calabar". Quando rola música ao vivo (sem dias fixos, por enquanto), as atenções se voltam para o andar superior, onde músicos interpretam jazz, blues, bossa nova e MPB. Nesse piso, há ainda um delicioso terraço ao ar livre para dezoito pessoas.

+ Misto de bar e restaurante espanhol

+ Cerveja Gourmet traz boa seleção de rótulos nacionais

Funcionário desde a abertura do endereço anterior, o barman Ricardo Bezerra encarrega-se do preparo dos drinques. Faz um cosmopolitan de alta patente, com equilíbrio entre os sucos de cranberry e limão, a vodca e o Cointreau (licor de laranja).

Mais um acerto seu, o mojito leva rum nacional e hortelã pouco macerada, como se deve. Quem prefere uma cervejinha encontra nos freezers as nacionais Original e Serramalte e a uruguaia Norteña, além das versões long neck da Stella Artois e da Heineken.

Embora careça de criatividade, a seção de comidinhas reserva algumas receitas de sabor caseiro. Uma delas é também uma novidade: o macio rosbife. Fatiada a mão, a carne pode ganhar a companhia de salada de batata ou de um saboroso antepasto de berinjela, pimentão e abobrinha. Não funciona neste sábado (24). Fecha na sexta (30) e reabre no dia 5 de janeiro.

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO