Especial

A linha de chegada da São Silvestre

Como a Associação Atlética São Paulo, na Rua General Carmona, serviu de ponto final para a prova

Por: Daniel Bergamasco, Mariana Barros, Rachel Verano, e Maurício Xavier [colaboraram Ricky Hiraoka, Carolina Giovanelli e Arnaldo Lorençato] - Atualizado em

Corrida de São Silvestre
Corrida de São Silvestre: a tradicional prova já teve outros pontos de chegada (Foto: Veja São Paulo)

Localizada há quase um século no mesmo endereço, a Associação Atlética São Paulo foi fundada em 1914 na Rua General Carmona, 131, próximo à Ponte das Bandeiras (na época, chamada de Ponte Grande), às margens do Rio Tietê, no Bom Retiro. Dez anos depois, o local serviria como ponto final da primeira edição da Corrida de São Silvestre. A prova começou por volta das 23h40 de 31 de dezembro de 1924, no Parque Trianon, na Avenida Paulista, e acabou vencida por Alfredo Gomes, do Clube Espéria, que cruzou a linha de chegada nos minutos iniciais de 1925 com o tempo de 23min10seg. Um total de 146 atletas se inscreveu para o evento, mas só sessenta completaram os 6,2 quilômetros do percurso. A Associação Atlética se manteria como o lugar de encerramento da São Silvestre até 1929, sendo substituída depois pelo vizinho Clube de Regatas Tietê.

+ Confira mais curiosidades em nosso mapa interativo da cidade

+ Aconteceu bem aqui: curiosidades que marcaram os 459 anos da metrópole

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO