Especial

A garçonnière de Oswald de Andrade

Escritor modernista reunia sua animada turma em 1922 na Rua Líbero Badaró

Por: Daniel Bergamasco, Mariana Barros, Rachel Verano, e Maurício Xavier [colaboraram Ricky Hiraoka, Carolina Giovanelli e Arnaldo Lorençato] - Atualizado em

Oswald de Andrade - Especial 459 anos
O escritor: casamento no leito de morte com uma das frequentadoras (Foto: Acervo pessoal)

Nos meses seguintes à Semana de 22, os modernistas tinham encontros animados em bares e restaurantes do centro para discutir suas ideias. As reuniões mais furtivas eram realizadas por Oswald de Andrade no 3º andar de um edifício da Rua Líbero Badaró, na altura do número 89, onde o escritor montou uma garçonnière. A principal frequentadora foi Maria de Lourdes Olzani, apelidada de Deise, que engravidou de Oswald, fez um aborto e acabou morrendo aos 19 anos. Eles se casaram já no leito de morte. Victor Brecheret esculpiu um busto de Deise, que hoje faz parte da Coleção Nemirovsky.

+ Confira mais curiosidades em nosso mapa interativo da cidade

 + Aconteceu bem aqui: curiosidades que marcaram os 459 anos da metrópole

Fonte: VEJA SÃO PAULO