Especial

O berço do Carnaval

Como surgiu o primeiro cordão da cidade

Por: Daniel Bergamasco, Mariana Barros, Rachel Verano, e Maurício Xavier [colaboraram Ricky Hiraoka, Carolina Giovanelli e Arnaldo Lorençato] - Atualizado em

Bloco de carnaval na Barra Funda - Especial 459 anos
Bloco de Carnaval em 1937: procissão pelas ruas da Barra Funda (Foto: Claude Lévi-Strauss/ Acervo Instituto Moreira Salles)

Ponto de encontro e recreação de ex-escravos desde a abolição, o Largo da Banana (que se chamava assim em referência à venda da fruta nas suas imediações), na Barra Funda, foi o berço do samba paulistano. Naquela área, escolhida depois para alojar o Memorial da América Latina, surgiu o primeiro cordão da folia da cidade, criado por Dionísio Barbosa em 1914. Logo outros vieram (na foto ao lado, de 1937, um registro dessas turmas nas proximidades do local). O bloco, batizado de Grupo Carnavalesco Barra Funda, passava em procissão pelas ruas da vizinhança. Demorou alguns anos até que surgissem as escolas: o desfile de estreia no Ibirapuera só aconteceu em 1954.

+ Confira mais curiosidades em nosso mapa interativo da cidade

+ Aconteceu bem aqui: curiosidades que marcaram os 459 anos da metrópole

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO