Aviação

Cumbica: terminais 1 e 2 serão reformados a partir de outubro

GRU Airport anunciou nesta segunda (22) que obras devem custar 200 milhões de reais e durar pouco menos de dois anos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Cumbica - aeroporto de guarulhos
Área de check-in, que será ampliada (Foto: Mario Rodrigues)

Os terminais 1 e 2 do Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica) passarão por reformas a partir de outubro. O GRU Aiport, que administra o aeroporto, informou nesta segunda-feira (22) que as obras de modernização devem custar 200 milhões de reais e levar pouco menos de dois anos para ficarem prontas.

+ Cumbica inaugura terminal para 12 milhões de passageiros ao ano

Em vídeo: confira como ficou o terminal 3 de Cumbica

O projeto prevê aumento de áreas operacionais do aeroporto, como o saguão de check-in e o setor de coleta das bagagens. A concessionária diz que aumentará em 16% a área útil dos terminais, que continuarão operando durante as obras.

O começo dos trabalhos deve começar assim que for concluído o processo de transferência das companhias internacionais para o terminal 3, o que deve acontecer neste mês. "Estamos cumprindo o nosso planejamento. Encerramos um ciclo e estamos abrindo um outro ciclo, para elevação do conforto e assistência ao passageiro nos terminais 1 e 2", disse o presidente do GRU Airport, Antônio Miguel Marques.

Aeroporto de Guarulhos - Cumbica
Fila do embarque internacional em Cumbica (Foto: Veja São Paulo)

Ele lembrou da pesquisa sobre a qualidade do serviço dos aeroportos brasileiros mostra que a avaliação do Aeroporto de Guarulhos ainda não é adequada. De acordo com ele, a nota subiu cerca de 40% desde que a concessionária assumiu a operação, passando de 2,9 para 3,8, de 5 - mas o aeroporto ainda está entre os piores do país.

+ Fnac de Cumbica terá produtos mais baratos

A avaliação ruim viria justamente dos usuários dos terminais 1 e 2, onde estão concentradas a operação de voos domésticos, já que o novo terminal 3, que realiza as operações internacionais, recebeu nota 4,5. "Vamos colocar os terminais 1 e 2 quase no mesmo nível do terminal 3. No mesmo nível é difícil porque a estrutura destes terminais tem 30 anos", disse.

Novo terminal

No dia 11 de maio, o GRU Airport iniciou a operação do terminal 3, que tem capacidade para 12 milhões de viajantes ao ano. Além disso, o terminal tem ainda a maior loja Duty Free do mundo, com 4 400 metros quadrados.  (Com Estadão Conteúdo)

+ Confira as últimas notícias da cidade

Fonte: VEJA SÃO PAULO