Futebol

Cristiano Ronaldo é eleito pela terceira vez o melhor jogador do mundo

O português de 26 anos conquistou o título cedido pela FIFA e espera superar Messi na disputa: "Espero não parar por aqui", garante

Por: Veja São Paulo

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo é eleito pela terceira vez o melhor jogador do mundo (Foto: Philipp Schmidli/Getty Images)

Pelo terceira vez, o português Cristiano Ronaldo, de 29 anos, é eleito o melhor jogador de futebol do mundo, segundo a FIFA. A decisão foi revelada nesta segunda (12) durante a cerimônia da Bola de Ouro. O atleta superou o goleiro Manuel Neuer, do Bayern de Munique, e o atacante Lionel Messi, do Barcelona, na contagem dos votos.

+ Conheça os filhos dos craques do Mundial

Muito emocionado, o português, que teve o segundo troféu consecutivo (2008, 2013 e 2014), agradeceu os companheiros e comissão técnica do Real Madrid, time que atua. “Nunca pensei em ganhar três vezes esta bolinha. Espero não parar por aqui. Quero alcançar o Messi ." O argentino foi eleito o melhor do mundo em quatro ocasiões.

Apesar da fraca atuação com a seleção portuguesa na Copa do Mundo no Brasil, Cristiano Ronaldo teve importantes conquistas em 2014, onde ganhou títulos coletivos (Copa do Rei, Liga dos Campeões, Supercopa da Europa e Mundial de Clubes), além de ser o artilheiro da Liga dos Campeões com 17 gols. Venceu também o troféu de melhor jogador da Uefa e do Campeonato Espanhol. O atacante da seleção brasileira e da equipe do Barcelona, Neymar Junior, ficou com o 7º lugar.

Brasil

A meia-atacante Nadine Kessler, de 26 anos, superou a brasileira Marta (pentacampeã entre 2006 e 2010) e a americana Abby Wambach para ficar com o prêmio pela primeira vez. Kessler foi a jogadora do Wolfsburg na conquista da Liga dos Campeões sobre o Tyresö FF, time de Marta, que posteriormente se transferiu para o FC Rosengard.

+ Conheça as belas mulheres de jogadores que devem vir para a Copa

Apesar da decepção com o resultado final da Copa do Mundo, Tiago Silva e David Luiz também ganharam espaço na premiação. A dupla titular da seleção brasileira e responsável por compôr a zaga do Paris Saint-Germain entrou na equipe de melhores do ano da Fifpro (sindicado mundial de jogadores), ao lado de nomes como Messi, Di Maria, Iniesta, Robben e Neuer.

Fonte: VEJA SÃO PAULO