Cidade

Criança cai no chão ao nascer no corredor de hospital

Pais afirmam que não foram amparados na Maternidade Vila Nova Cachoeirinha; Secretaria Municipal de Saúde diz que o caso aconteceu quando a mãe era encaminhada para o centro obstétrico

Por: VEJA SÃO PAULO

Sem amparo, uma mulher de 27 anos afirma que teve o filho no corredor do Hospital Maternidade Vila Nova Cachoeirinha, em São Paulo. A auxiliar administrativo Cibele Pires Costa diz que a criança caiu no chão, segundo divulgou pelo Bom Dia São Paulo.

+ Umidade pode chegar a 18% nesta segunda-feira na capital

O caso aconteceu no último dia 5. Após o fato, a criança passou por exames e passa bem. Para o programa, Cibele falou que, mesmo com fortes dores, uma enfermeira avisou que a prioridade era atender uma mulher que chegou primeiro. “Eu senti uma dor muito forte e ele já nasceu.”

A Secretaria Municipal de Saúde confirma o caso. Entretanto, contesta a versão da família, afirmando que Cibele estava acompanha de uma enfermeira e uma médica quando o menino nasceu.

+ Cremesp libera uso de derivado da maconha

“Durante o atendimento, foi constatado que a mesma iniciou trabalho de parto, sendo providenciado o seu transporte para o centro obstétrico, que fica no primeiro andar do prédio. Entretanto, durante o percurso, ela deu à luz”, diz a secretaria, em nota.

A criança nasceu saudável. Além da realização dos exames de rotina, o bebê ficou internado por 24 horas na unidade neonatal para acompanhamento.

+ Confira as últimas notícias

Fonte: VEJA SÃO PAULO