Consumo

Venda de ar-condicionado é recorde neste verão

Os consumidores correm às lojas para comprar modelos portáteis, climatizadores e outros equipamentos modernos

Por: Ana Carolina Soares - Atualizado em

ar-condicionado
Maria Cecilia com as filhas Vitória (de joelhos) e Yasmin: o "trambolhão" salvou a família (Foto: Fernando Moraes)

Moradora do Itaim, a consultora Maria Cecilia Domingues, de 38 anos, nunca havia pensado em comprar um ar-condicionado. “Achava frescura e ficava bem no verão só com o ventilador, mas a cidade virou um forno e o aparelho se tornou um item essencial”, diz. No início do mês, ela e o marido adquiriram um modelo portátil e instalaram na sala de estar. Quando o eletroportátil chegou, causou estranheza. “É barulhento, um trambolhão que parece um frigobar no meio do ambiente”, descreve. Mas a má impressão se evaporou minutos depois de acionar obotão “on”. “Agora dá para assistir à televisão e receber os amigos sem que ninguém derreta.”

+ Teste: descubra como anda seu amor por São Paulo

Pela praticidade, esse tipo de equipamento é um dos hits desta temporada e teve um aumento de vendas de 40% nos últimos meses, segundo estimativas de mercado. Mas o setor inteiro comemora (veja no quadro abaixo as principais opções disponíveis dos aparelhos).“De um ano para cá, houve um crescimento de 112% na comercialização de todos os tipos de ar-condicionado e climatizador nas lojas da Grande São Paulo”, diz Luis Fernando Romeiro, gerente de linha branca e eletroportáteis do Extra. “Nunca vendemos tantos aparelhos”, comemora Toshio Murakami, presidente do departamento de fabricantes de ar-condicionado residencial da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava). A procura é tamanha que às vezes há ruptura no fornecimento e o consumidor precisa esperar mais ou menos vinte dias para ter seu refresco. “Mas não existe a possibilidade de as prateleiras se esvaziarem”, garante Mariana Marcondes, gerente de produto da Electrolux.

+ Onda de calor vira meme na internet; confira as melhores montagens

A dica para escolher o modelo ideal é checar o total de BTU/h, unidade de medida do ar-condicionado. Multiplicam-se 600 BTU/h pelo tamanho (em metros quadrados) do cômodo frequentado por duas pessoas. Por indivíduo a mais, somam-se 600 BTU/h. Exemplos: um espaço de 30 metros quadrados de uma família de quatro pessoas precisará de um ar-condicionado de 19 200 BTU/h; para um quarto de casal de 12 metros quadrados, basta um produto de 7 200 BTU/h.

+ Dez dicas de ouro para seu pet não sofrer com o calor

+ Confira as principais notícias da cidade

ar-condicionado Silentia Eletronico
ar-condicionado Silentia Eletronico (Foto: Divulgação)

Ar-condicionado de janela

Como funciona: é a forma mais tradicional do aparelho. Em suma, retira o calor do cômodo e o transfere para o ambiente externo

Prós: oferece os modelos mais baratos na categoria de ar-condicionado e a manutenção mais em conta. Pode resfriar lugares pequenos e grandes

Contras: nem todos os imóveis são preparados para sua instalação, o aparelho fica bem visível e faz um certo barulho. Além disso, há o custo da montagem, que pode chegar a 900 reais para a abertura de um espaço na parede

Modelos de destaque

■ Ar-Condicionado de Janela Electrolux EC07F

Características: básico, tem um filtro limpa-fácil, além de um multidirecionador com aletas que impulsionam a saída do ar. Capacidade de 7 500 BTU/h

Preço médio: 900 reais

■ Ar-Condicionado Consul Janela Mecânico Frio

Características: com painel que dispensa a moldura e dupla saída de ar para a melhor distribuição do frio. Com 10 000 BTU/ h

Preço médio: 1 240 reais

■ Springer Silentia

Características: potente e silencioso, funciona bem em salas amplas. Vem com controle remoto. Com 30 000 BTU/h

Preço médio: 3 570 reais

Ar-condicionado Split Midea Piso-Teto
Ar-condicionado Split Midea Piso-Teto (Foto: Divulgação)

Ar-condicionado split

Como funciona: como sugere o nome split (separado, em inglês), ele é composto de duas partes: a evaporadora, responsável pelo lançamento do ar gelado no cômodo, e a condensadora, instalada na área externa (realiza a refrigeração e faz todo o barulho do processo). É o mais vendido na cidade

Prós: apresenta os produtos mais modernos, silenciosos, econômicos e com design mais sofisticado. Pode resfriar lugares pequenos e grandes

Contras: a manutenção é mais cara, e a instalação custa em média 750 reais

Modelos de destaque

■ Samsung Inverter

Características: segundo o fabricante, tem uma tecnologiaque elimina vírus e bactérias. Com 12 000 BTU/h

Preço médio: 1 750 reais

■ LG Artcool Stylist

Características: com design quadrado e iluminação de LED embutida, enfeita o ambiente. Há funções curiosas, como o “smart alarm”, que desperta a casa iluminando o ambiente. Dá para controlar o aparelho por meio de um aplicativo no smartphone, mesmo fora de casa. Com 12 000 BTU/h

Preço médio: 5 300 reais

■ Split Midea Piso-Teto

Características: com 36 000 BTU/h, tem o potencial de refrescar ambientes bem grandes. Pode ser instalado no teto ou no chão.Possui a função “eco”, que proporciona maior economia de energia

Preço médio: 5 410 reais

Ar-condicionado portátil

Ar-Condicionado Portátil Electrolux
Ar-Condicionado Portátil Electrolux (Foto: Divulgação)

Como funciona: da mesma forma que o ar-condicionado de janela, ou seja, transfere o ar quente para a área externa

Prós: é fácil de instalar e pode ser utilizado em qualquer lugar (desde que exista uma janela)

Contras: só funciona bem em cômodos de até 20 metros quadrados,faz barulho, seus modelos mais básicos custam em média 2 000 reais e consomem muita energia

Modelos de destaque

■ Ar-Condicionado Portátil Electrolux PO10F

Características: possui sistema de tripla filtragem, que, segundo o fabricante, reduz odores no ambiente, além de reter poeira e bactérias.Tem as funções “siga-me” e “turbo” (aciona a potência máxima imediatamente). Com 10 000 BTU/h

Preço médio: 1 870 reais

■ Portátil Midea Liva

Características: lançamento com um bom custo-benefício, temas funções que guardam as informações de temperatura preferidas pelo consumidor. Além disso, acionando o botão “ionizar”, aspartículas de poeira e fumaça presentes no ar passam por filtragem. Também é potente, com 12 000 BTU/h

Preço médio: 2 090 reais

■ Ar-Condicionado Portátil Consul Frio

Características: um dos mais vendidos deste verão, tem um bom filtro de ar e é um dos mais potentesda categoria, com 12 000 BTU/h

Preço médio: 2 330 reais

Climatizador

Climatizador Ar Frio Suggar
Climatizador Ar Frio Suggar (Foto: Divulgação)

Como funciona: muita gente o confunde como ar-condicionado, mas esse tipo de produto não tem a mesma tecnologia. Funcionacomo um ventilador com mais recursos e sua potência é medida por watt (W).

Prós: refresca sem provocar uma mudança brusca na temperatura e sai mais em conta

Contra: deixa a desejar em comparação ao ar-condicionado porque não resfria tão bem

Modelos de destaque

■ Climatizador Ar Frio Suggar CA1201/02BR

Características: básico, tem as funções “purificar”,“oscilar”, “resfriar/umidificar” e “ventilar”. Potência de 75 W

Preço médio: 370 reais

■ Climatizador Elétrico Springer Wind

Características: além das funções básicas, no tanque há uma bolsa térmica que pode ser congelada para deixar o ambiente mais fresco. Com 60 W

Preço médio: 400 reais

■ Philco PCL1F Frio

Características: ventila, umidifica,purifica, evapora e tem bom filtrode ar. Vem com controle remoto. Potência de 70 W

Preço médio: 500 reais

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO