TELEVISÃO

Band tira CQC do ar e fala em 'ano sabático' para programa

Em comunicado, emissora confirmou apenas que Dan Stulbach continua com contrato para apresentar outra atração

Por: Veja São Paulo

CQC
Rafael Cortez, Dan Stulbach e Marco Luque: homens de preto na bancada do CQC (Foto: Divulgação)

A Rede Bandeirantes divulgou nesta quarta (9) que o programa CQC entrará em “ano sabático” em 2016 e estará fora da grade de programação. A atração entrou no ar há oito anos e por ela já passaram nomes como Marcelo Tas, (substituído neste ano por Dan Stulbach), Rafael Bastos, Danilo Gentili e Monica Iozzi. :"O intervalo entre as temporadas será estendido para que tenhamos tempo de voltar com mais força em 2017", afirma Diego Guebel, criador do formato e diretor-geral de conteúdo da Band.

Repórter do CQC leva soco durante reportagem

Entre os integrantes do programa, apenas Dan deve continuar na emissora do Morumbi. No comunicado, a Band informou que o ator e âncora do CQC estará na produção História não Escrita, que vai utilizar recursos de computação gráfica e dramatizações para contar passagens históricas a partir do descobrimento do Brasil.

Rafael Cortez, do CQC, irrita atrizes de Orange is the New Black com perguntas machistas

 No comunicado em que anunciou a retirada do programa do ar, a Band tratou a atração como divisor de águas no jornalismo brasileiro. “O formato inovador do ‘resumo semanal de notícias’ surpreendeu o público e a crítica especializada ao levar ao ar reportagens ácidas e provocativas, privilegiando o bom humor e a leveza.”

Atualmente na Rede Globo, Mônica Iozzi, ex-repórter e apresentadora do CQC, comentou a retira do programa do ar. “Lamento muito. O trabalho mais difícil que já realizei e do qual mais tenho orgulho. Uma pena”, postou ela em seu perfil no Twitter. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO