Desabamento

Corpo de operário é encontrado em escombros em Guarulhos

Edenilson Jesus dos Santos estava prensado entre um pilar e uma viga do prédio

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Os bombeiros encontraram por volta das 13h45 desta quinta-feira (5) o corpo do operário Edenilson Jesus dos Santos, de 24 anos, que estava desaparecido desde o desabamento de um prédio em construção na Avenida Presidente Humberto Castelo Branco, na altura do número 1 947, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O acidente aconteceu na noite de segunda-feira (2).

Após três dias de buscas, a vítima foi achada prensada entre um pilar e uma viga. Bombeiros e a Defesa Civil retiraram do local aproximadamente 300 toneladas de entulho.

Na quarta-feira, familiares de Edenilson prestaram depoimento à polícia e relataram problemas na obra - rachaduras nas paredes e pilares deformados, que eram "reparados" com cimento a toda hora. Segundo o irmão de Edenilson, Edvaldo, que também trabalhava na construção do prédio, as irregularidades eram de conhecimento dos responsáveis, que nada faziam.

Desabamento Guarulhos
Cachorros ajudaram nas buscas pelo operário (Foto: Nataly Costa)

O dono da construtora Salema Comércio, Construções e Projetos LTDA, Fernando Salema, é investigado em três processos administrativos no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea - SP), além de ter seu nome citado em uma denúncia ainda em apuração pelo conselho.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, treze funcionários da obra não estavam mais no local no momento do desabamento. Edenilson era o único desaparecido.

Segundo a prefeitura de Guarulhos, no endereço estava sendo erguido um edifício residencial de trinta apartamentos e dois salões comerciais, totalizando 3 706 metros quadrados. Nove pavimentos já estavam construídos, sendo cinco andares, dois subsolos e um mezanino. O edifício ainda contaria com mais um andar.

+ Sede da construtora de prédio que desabou fica em padaria na Zona Norte

Fonte: VEJA SÃO PAULO