Eleição

Em rede social, Coronel Telhada pede divisão do país após reeleição de Dilma

Deputado eleito por São Paulo critica no Facebook eleitores que votaram na petista. “Por que devemos nos submeter a esse governo escolhido pelo Norte e Nordeste?"

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Coronel Telhada
Telhada: pedido de divisão do país (Foto: Fernando Moraes)

O deputado estadual eleito por São Paulo Coronel Telhada usou seu perfil no Facebook para pregar a divisão do Brasil após Dilma Rousseff (PT) se reeleger presidente, derrotando o adversário Aécio Neves (PSDB).

Em seu perfil na rede social, Telhada, também do PSDB, questionou o voto dos eleitores do Norte e do Nordeste do país, que preferiram a petista.

“Já que o Brasil fez sua escolha pelo PT, entendo que o Sul e o Sudeste (exceto Minas Gerais e Rio de Janeiro, que optaram pelo PT) iniciem o processo de independência de um país que prefere esmola do que trabalho, que preferem a desordem ao invés da ordem, que preferem o voto de cabresto do que a liberdade”, postou na noite de domingo. “Por que devemos nos submeter a esse governo escolhido pelo Norte e Nordeste? Eles que paguem o preço sozinhos”, continuou.

+ Confira as últimas notícias

Até o momento, o comentário de Telhada teve perto de 9 500 compartilhamentos e 18 000 curtidas. Entre os mais de 4 000 comentários, quase a totalidade é de apoia às palavras de Telhada. “Pela separação já. São Paulo livre”, postou um usuário. Outro internauta escreveu: “Apoiado. Se for preciso eu morro por essa causa. SC é o estado que menos votou no PT e terá apoio incondicional aqui.”

Houve também em quem apontasse intolerância nos comentários de Telhada e de seus simpatizantes. “Vocês são digno de pena, são racistas, preconceito com o povo”, disse um usuário da rede social. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO