Vai uma gelada?

Um copo para cada estilo de cerveja

Especialista ensina como a taça certa valoriza a bebida

Por: Sophia Braun - Atualizado em

Copos de cerveja - cada tipo em um copo
Diferentes formatos: a taça certa valoriza a bebida (Foto: Divulgação)

A arte da degustação não se restringe apenas ao universo dos vinhos. Cada vez mais valorizadas, as cervejas também exigem etiqueta e devem ser corretamente harmonizadas com a comida que acompanham, até mesmo com modestos petiscos de boteco.

+ Como harmonizar cerveja com comida de boteco

+ Dez lugares para beber cerveja

O copo em que a bebida é servida é outro fator importante. Os diferentes formatos ajudam a acentuar as características de cada estilo e fazem toda a diferença. Para ajudar apreciadores das loiras, ruivas e morenas a aproveitarem ao máximo os sabores e aromas de cada cerveja, o sommelier especializado Eduardo Passarelli, sócio do bar Melograno, ensina que tipo de copo escolher para cada ocasião.

1. Weizen

Recomendado para as cervejas de trigo ou weissbier. O copo tem um volume de 500 ml, ou seja, exatamente a quantidade de cerveja que vem na garrafa. Além da questão estética — o copo é grande e tem a boca larga —, a cada gole, o fermento depositado no fundo se mistura novamente. A substância faz parte da degustação.

2. Goblet

Cervejas mais intensas, aromáticas e saborosas pedem um copo semelhante a um cálice de conhaque. Como costumam ter o bojo fundo e a boca mais estreita, os aromas mais voláteis que se desprendem permanecem dentro da taça. Além do goblet, a tulipa tem um formato semelhante. Recomendado principalmente para cervejas de estilo Tripel, Barley Wine e Dubbel.

+ Cursos formam sommeliers especializados em cerveja

3. A nossa tulipa

Tome cuidado para não confundir o copo classificado como tulipa — semelhante a um cálice de conhaque — com o que popularmente adotou o mesmo nome em bares e botecos. Este tem o corpo mais estreito e recebe bem cervejas do estilo American Lager, como os rótulos mais consumidos no Brasil erroneamente chamados de Pilsen.

4. Pint

É uma unidade de medida e um copo muito tradicional, geralmente destinado às cervejas inglesas e irlandesas, com pouca formação de espuma. Acomoda bem bebidas do estilo Pale Ale e Stout, entre outras da mesma origem.

5. Flute

Taça própria para receber cervejas do tipo Bière Brut, feitas pelo mesmo modo de produção do champanhe. Alta e estreita, valoriza a formação de espuma.

6. Stem

Ideal para receber cervejas de sabor menos intenso. Os aromas, que normalmente têm pouco destaque, são valorizados pelo corpo estreito do copo. Seu formato também auxilia na manutenção da espuma. Recomendado principalmente para bebidas do estilo Lager, no qual estão incluídas as Pilsen.

Fonte: VEJA SÃO PAULO